Lisboa, 23 jul 2018 (Ecclesia) – A Congregação dos Missionários do Espírito Santo lançou a revista ‘Missão Espiritana’, dedicada aos 150 anos de missão em Portugal e Angola, no ‘Dia dos Leigos’, do Capítulo Provincial, no Seminário da Torre d’Aguilha.

“Tem uma história, tem uma memória, e sobretudo rasgo de futuro”, disse o padre Tony Neves, que foi o responsável da congregação em Portugal, nos últimos seis anos.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o religioso contextualiza que a revista ‘Missão Espiritana’ celebra os 150 anos de serviço da congregação em Portugal e Angola.

“O essencial da nossa missão é intemporal. É um abrirmo-nos à missão sem fronteiras, o ter uma preocupação pelas periferias e margens, é o viver em comunidade que seja testemunho de uma fraternidade, que no mundo não está a ser tão forte”, desenvolveu.

Neste contexto, segundo o padre Tony Neves, cabe também aos missionários testemunhar “um desprendimento, um estilo de vida simples”, que contraste contra individualismo e consumismo que faz com que exista “pobreza”, desigualdades sociais “gritantes pelo mundo fora”.

“Esses valores que são do reino de Deus de justiça, paz, amor e alegria que tentamos viver e que queremos, por isso, testemunhar”, acrescentou, à margem do ‘Dia dos Leigos’ vivido pela Família Espiritana, este sábado, no programa do Capítulo Provincial.

O editorial do n.º 28/29 da revista ‘Missão Espiritana’ informa que o alinhamento do número evocativo dos dois Jubileus Espiritanos “é todo construído a partir de eventos e intervenções feitas perante as celebrações jubilares”.

“A história e a recordação dos antepassados das duas províncias, são de obrigatória visita, neste número especial. As conferências, jornadas, colóquios e simpósios se, por um lado nos levaram a reavivar as intuições dos nossos Fundadores e o núcleo do nosso carisma foram oportunidade para perceber quais são as urgências da missão no nosso tempo”, explica o padre Eduardo Miranda, que foi o coordenador da comissão jubilar em Portugal.

‘Não vos conformeis, transformai-vos’ é o tema do 10.º capítulo  da Congregação dos Missionários do Espírito Santo, em Portugal, que já elegeu o padre Pedro Fernandes como novo superior provincial, para os próximos três anos, e termina a 27 de julho, no Seminário da Torre d’Aguilha.

PR/CB/OC

Partilhar:
Share