Ecumenismo: Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos evoca «terrores» enfrentados pelos refugiados

Iniciativa decorre entre os dias 18 e 25 de janeiro, que tem em Portugal uma celebração nacional, este sábado, em Aveiro

Ecumenismo: «Tentaram mandar-nos para a água mas conseguimos fugir, tivemos sorte» – Refugiado sírio

Testemunho de Khoshnav Alloush, em Portugal desde 2016, desafia a recordar os migrantes e refugiados na Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que propõe olhar sobre vítimas de naufrágios no Mediterrâneo

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Slider

Cabo Verde: Cardeal D. Arlindo Furtado presidiu ao funeral de Luís Giovani

Ministra da Educação do país e presidente do Instituto Politécnico de Bragança participaram nas exéquias do estudante vítima de «morte trágica»

  (mais…)

Focolares: Centenário do nascimento de Chiara Lubich assinala-se a 22 de janeiro

Focolares: Centenário do nascimento de Chiara Lubich assinala-se a 22 de janeiro

Celebrações no Porto e em Braga recordam a sua «herança espalhada pelo mundo» 

(mais…)

Liberdade Religiosa: Está a crescer um Islão «mais pluralista» na Europa, afirma Catarina Belo

O terrorismo, o confronto EUA/Irão, e a convivência de uma mulher católica em ambiente maioritariamente islâmico são temas para a entrevista com a professora de Filosofia no Egito, há 14 anos.

(mais…)

Ano A – 2.º Domingo do tempo comum

Santos e felizes em Deus

 

Vaticano: 70 voluntários da operação “Pesca de Plástico” foram recebidos pelo Papa

Francisco valorizou profissão arriscada, que já era a do seu predecessor

(mais…)

Ecumenismo: Papa Francisco recebeu delegação da Igreja Luterana da Finlândia

Papa Francisco destacou batismo comum em Cristo e explicou que «quem oferece hospitalidade não se torna mais pobre» (mais…)

Vaticano: Bíblia autografada pelo Papa Francisco assinala o primeiro «Domingo da Palavra de Deus»

Edição vai ser oferecida aos participantes na Missa do dia 26, na Basílica Vaticana

(mais…)

Liberdade Religiosa: 2019 foi «ano de mártires» para os cristãos (c/vídeo)

Presidente Internacional da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre pede à União Europeia e à ONU que é necessário consagrar um novo direito fundamental  

(mais…)

Educação: Escolas Católicas têm de abandonar o «paradigma dos valores» e procurar o «paradigma das virtudes»

Educação: Escolas Católicas têm de abandonar o «paradigma dos valores» e procurar o «paradigma das virtudes»

Carlos Carneiro apresentou os «Desafios à identidade da escola católica num contexto secularizado e multicultural»

(mais…)

Economia: Luis Cabral explicou a um «economista com formação clássica» as propostas da «economia de Francisco»

Economista considera que o Papa Francisco «é provocativo, faz as pessoas pensar» e tem “um estilo muito gráfico»

(mais…)

Santiago de Compostela: Portugal e Espanha apresentaram o projeto transfronteiriço «Facendo Caminho»

Até dezembro de 2021 rotas portuguesas são aposta do Turismo do Norte e da Galiza

(mais…)

Violência doméstica: Igreja Católica deve criar um «ministério da visitação»

Diocese de Lamego procura proximidade a situações de fragilidade, também com pessoas detidas: «Muitas vezes estamos perto mas não estamos próximo»

(mais…)

Direitos Humanos: «’Egocracia’ é ditadura do nosso tempo» – Padre João António Teixeira

Congresso Global de Direitos Humanos decorre em Lamego e junta Academia e sociedade civil

(mais…)

Évora: Arcebispo enviou mensagem pastoral às comunidades de Elvas

D. Francisco Senra Coelho inicia este domingo a visita à região, que decorre até ao fim de maio (mais…)

Direitos Humanos: Mais do que as leis, é a «vida simples das pessoas» que transforma a sociedade, afirma bispo de Lamego

D. António Couto fez a conferência inaugural no II Congresso Global de Direitos Humanos, que decorre em Lamego

(mais…)

Programa Ecclesia do dia 17 de janeiro de 2020

Ano A – 2.º Domingo do tempo comum

Por que deve o Estado apoiar a Imprensa?

Paulo Ribeiro, Presidente da AIC – Associação de Imprensa de Inspiração Cristã

(mais…)


Editorial Cáritas

A Aliança do pensar e do fazer em Portalegre [ ver caderno ]

(mais…)

A cruz escondida

Síria. Sete anos depois do início da guerra, Lina e Elias voltam a Homs

(mais…)

AGENDA

Jan
16
Qui
Guiné-Bissau: Jornada Mundial da Juventude 2022 apresentada aos bispos lusófonos
Jan 16_Jan 21 todo o dia
Guiné-Bissau: Jornada Mundial da Juventude 2022 apresentada aos bispos lusófonos

Em encontro dedicado ao «diálogo inter-religioso na construção da paz e no desenvolvimento» inicia esta quinta-feira

Lisboa, 16 jan 2020 (Ecclesia) – O bispo D. Joaquim Mendes, coordenador-geral da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2022, vai apresentar este encontro aos bispos dos países lusófonos que reúnem, a partir de hoje, na Guiné-Bissau.

“Os países lusófonos vão estar muito envolvidos na preparação [JMJ] e há a possibilidade dos símbolos das jornadas [cruz e ícone] passarem nalguns países lusófonos”, disse o secretário e porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), padre Manuel Barbosa, aos jornalistas no fim da última reunião do Conselho Permanente.

Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude são uma cruz de madeira e um ícone de Nossa Senhora que têm percorrido os cinco continentes, numa iniciativa que nasceu por vontade de São João Paulo II.

No próximo domingo de Ramos, 5 de abril, a cruz e ícone vão ser entregues a uma representação portuguesa com 200 a 300 jovens de todas as dioceses de Portugal, pelo Papa Francisco, no Vaticano.

O Comité Organizador Local da Jornada Mundial da Juventude 2022 é presidido pelo cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, que nomeou como coordenadores-gerais dois bispos auxiliares: D. Joaquim Mendes para a área pastoral e D. Américo Aguiar para o setor logístico-operativo.

O Encontro dos Bispos dos Países Lusófonos realiza-se de dois em dois anos num país diferente e o padre Manuel Barbosa contextualizou que é uma ocasião de “partilha das realidades eclesiais e sociais de cada país”.

No 14º Encontro, que decorre a partir desta quinta-feira entre representantes da Igreja Católica nos países Lusófonos, vão estar de Portugal o presidente e o secretário da CEP, D. Manuel Clemente e padre Manuel Barbosa, respetivamente, para além de D. Joaquim Mendes.

‘Diálogo inter-religioso na construção da paz e no desenvolvimento dos países lusófonos’ é o tema que reúne os bispos a partir de hoje, até 21 de janeiro, na Guiné-Bissau.

O anterior Encontro de Bispos dos Países Lusófonos decorreu em Cabo Verde e reuniu representantes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, que apelaram ao Vaticano para uma valorização da língua portuguesa em particular pelo uso oficial no Sínodo dos Bispos.

CB/PR

Jan
17
Sex
Fátima: Carmelitas Descalços dinamizam «Escola de Oração» no ano pastoral 2019-2020
Jan 17_Jan 19 todo o dia

Fátima, 25 fev 2019 (Ecclesia) – A Ordem dos Carmelitas Descalços está a preparar uma nova edição da sua Escola de Oração, para o ano pastoral 2019-2020, que se vai realizar entre os meses de novembro e maio, na Domus Carmeli, em Fátima.

A ‘Escola de Oração’ dos Carmelitas Descalços, aberta a todos, tem “uma componente teórico-prática e mistagógica”, e desenvolve-se em cinco módulos durante cinco fins de semana, um por mês de novembro de 2019 a maio de 2020.

“Percorrerá os princípios fundamentais da oração cristã. A frequência ajudará a intensificar a vida de oração e preparará os seus participantes para serem dinamizadores da pastoral da oração nas suas comunidades”, assinalam.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a ordem religiosa explica que pelo “elevado número de interessados” na primeira edição, que está a decorrer, faltam dois módulos para terminar (5 a 7 de abril e 17 a 19 de maio), já calendarizaram a segunda edição para o novo ano pastoral.

1.º Módulo: Deus e homem, busca e resposta – 15 a 17 de novembro de 2019;
2.º Módulo: O crescimento interior – 17 a 19 de janeiro de 2020;
3.º Módulo: Experiência contemplativa – 14 a 16 de fevereiro de 2020;
4.º Módulo: Formar para a mistagogia – 24 a 26 de abril de 2020;
5.º Módulo: Vivência eclesial – 29 a 31 de maio de 2020;

A Escola de Oração dos Carmelitas Descalços tem um sítio online, onde os interessados podem inscrever-se no próximo ano pastoral.

A atual edição desta escola conta com aproximadamente 80 participantes presenciais e 35 na plataforma online, alguns de comunidades religiosas, “sobretudo de vida contemplativa”, e comunidades paroquiais.

CB

Beja: Fernando Santos participa na Jornada Diocesana da Juventude
Jan 17@21:00_Jan 18@18:00

Beja, 15 jan 2020 (Ecclesia) – O Departamento Diocesano de Pastoral Juvenil de Beja convidou o selecionar de futebol Fernando Santos para uma conversa na jornada da juventude ‘Christus vivit’ que dinamiza esta sexta-feira e sábado, dias 17 e 18 de janeiro.

Numa nota enviada hoje à Agência ECCLESIA, o Departamento de Pastoral Juvenil de Beja informa que Fernando Santos vai conversar com os jovens a partir das 15h00, deste sábado, no seminário diocesano.

Segundo o programa, a manhã começa com o peddy-paper ‘Christus vivit’, às 10h00, duas horas depois os jovens vão participar num plenário e o encontro termina após a Eucaristia, agendada para as 17h00.

A jornada da juventude ‘Christus vivit’, dinamizada pela Diocese de Beja, começa esta sexta-feira, com o acolhimento às 21h00, no pavilhão da Escola Mário Beirão.

Os jovens vão participar no ‘Beja God’s Talents’, a partir das 21h30, e o Dj Nardo vai animar a Cristoteca, que começa às 23h00.

Na nota recebida, o diácono Francisco Molho adianta que estão a contar com a presença de uma centena de jovens de toda a diocese na jornada que é também um momento de celebração dos 250 anos da restauração da Diocese de Beja.

Christus vivit’ (‘Cristo Vive’) é a exortação apostólica do Papa Francisco dedicada aos jovens que foi apresentada a 2 de abril de 2019.

O documento pós-sinodal tem nove capítulos e 299 pontos, foi assinada a 25 de março, no santuário mariano do Loreto (Itália), e deu sequência à assembleia do Sínodo dos Bispos que decorreu em outubro de 2018, sobre a relação entre os jovens e a Igreja Católica, antecedido por um inquérito global que envolveu milhares de pessoas, crentes e não-crentes.

CB

Jan
18
Sáb
Braga: Departamento das vocações promove encontros
Jan 18 todo o dia

Braga, 25 nov 2019 (Ecclesia) – O Departamento de Pastoral para as Vocações da Arquidiocese de Braga promove encontros vocacionais nos Arciprestados de Amares e Vila do Conde e Póvoa de Varzim.

Esta iniciativa obedece a um ciclo sequencial de três encontros (29 e 30 de novembro, 17 e 18 de janeiro e 01 de fevereiro) e destina-se aos agentes de pastoral destes arciprestados: sacerdotes, catequistas, coordenadores de grupos juvenis, coordenadores de acólitos, chefes de Guias de Portugal, chefes de escuteiros, professores de Educação Moral e Religiosa Católica, entre outros, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O primeiro encontro tem como tema «Vocação (fundamentação e sinais vocacionais)» realiza-se em Amares, na paróquia de Ferreiros, no dia 29 de novembro, às 21h00 e no sábado, dia 30 de novembro, o mesmo encontro acontece, às 10h00, no Arciprestado de Vila do Conde e Póvoa de Varzim, no Centro Pastoral Paroquial das Caxinas.

«Discernimento e Acompanhamento» é o tema do segundo encontro que acontece nos mesmos arciprestados nos dias 17 e 18 de janeiro de 2020.

Esta iniciativa culmina num terceiro encontro, um “Fórum Vocacional”, que decorrerá no dia 1 de fevereiro, no Seminário de Nossa Senhora da Conceição, em Braga.

LFS

Ecumenismo: Semana de Oração vai evocar mortes no Mediterrâneo
Jan 18_Jan 25 todo o dia

Iniciativa anual une milhões de cristãos, de várias Igrejas, entre 18 e 25 de janeiro

Foto: ACNUR

Lisboa, 15 jan 2020 (Ecclesia) – A semana anual de oração pela unidade dos cristãos, que une milhões de pessoas de várias Igrejas, entre 18 e 25 de janeiro, vai recordar em 2020 os migrantes e refugiados que são vítimas de naufrágios no Mediterrâneo.

A reflexão é proposta pelas comunidades cristãs do arquipélago maltês, a partir do relato bíblico do naufrágio de São Paulo II (século I), que o levou até à ilha de Malta, onde, segundo o livro dos Atos dos Apóstolos, foi tratado com “invulgar humanidade”.

“Hoje muitas pessoas estão a enfrentar terrores semelhantes, nesses mesmos mares. Os lugares mencionados no texto também fazem parte das histórias de migrantes de tempos modernos”, refere a proposta de reflexão, publicada em conjunto pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos (Santa Sé) e a Comissão Fé e Constituição do Conselho Mundial das Igrejas.

Os materiais foram preparados pelas Igrejas cristãs em Malta e Gozo (Cristãos Unidos em Malta), destacando a chegada da fé cristã a estas ilhas, através do apóstolo Paulo.

Evocando as “crises da migração”, o texto recorda que “muitos estão a fazer jornadas perigosas por terra e pelo mar para escapar de desastres naturais, guerra e pobreza”.

“As suas vidas também estão expostas a imensas e friamente indiferentes forças – não apenas naturais, mas também políticas, económicas e humanas”, pode ler-se.

Essa indiferença humana assume várias formas: a indiferença dos que vendem lugares em barcos inadequados para pessoas desesperadas; a indiferença que leva à decisão de não enviar barcos de socorro; a indiferença que faz mandar embora barcos de imigrantes”.

Os cristãos são convidados à “hospitalidade”, testemunhando em conjunto a “amorosa providência de Deus para todas as pessoas”.

“A nossa própria unidade cristã será descoberta não apenas mostrando hospitalidade uns aos outros, embora isso seja muito importante, mas também através de encontros amigáveis com aqueles que não partilham nossa língua, cultura ou fé”, indica a proposta de reflexão.

Foto: ACNUR

A passagem bíblica escolhida para 2020 foi tirada do livro dos Atos dos Apóstolos (27,18-28,10), narrando o naufrágio de São Paulo a caminho de Roma, com o tema “Demonstraram-nos uma benevolência fora do comum”.

O ‘oitavário pela unidade da Igreja’, hoje com outra denominação, começou a ser celebrado em 1908, por iniciativa do norte-americano Paul Wattson, presbítero anglicano que mais tarde se converteu ao catolicismo.

O ecumenismo é o conjunto de iniciativas e atividades tendentes a favorecer o regresso à unidade dos cristãos, quebrada no passado por cismas e ruturas.

As principais divisões entre as Igrejas cristãs ocorreram no século V, depois dos Concílios de Éfeso e de Calcedónia (Igreja copta, do Egito, entre outras); no século XI com a cisão entre o Ocidente e o Oriente (Igrejas Ortodoxas); no século XVI, com a Reforma Protestante e, posteriormente, a separação da Igreja de Inglaterra (Anglicana).

OC

Setúbal: Festa da dedicação da Igreja de Santa Maria do Barreiro
Jan 18 todo o dia

Setúbal, 14 Jan 2020 (Ecclesia) – A comunidade paroquial de Santa Maria do Barreiro (Diocese de Setúbal) celebra, dia 18 deste mês, a festa da dedicação da sua igreja com a presença de D. José Ornelas de Carvalho.

A eucaristia da dedicação é presidida por D. José Ornelas de Carvalho, bispo de Setúbal, que vai administrar também o “Sacramento do Crisma a várias dezenas de fiéis da comunidade, a maior parte deles jovens”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Foi nesse dia (18 janeiro), há 50 anos, que ocorreu a cerimónia da dedicação da igreja, presidida pelo cardeal D. Manuel Gonçalves Cerejeira, sendo pároco o padre Francisco de Jesus Graça.

O lançamento da primeira pedra da igreja (que está por debaixo do altar-mor) foi a 24 de maio de 1959 tendo a sua construção começado logo no ano seguinte, mas só em 18 de janeiro de 1970 foi considerada concluída e “tornou-se espaço sagrado mediante o solene rito da dedicação de uma igreja”.

LFS

Viana do Castelo: Jornada diocesana da liturgia centrada no «Acolhidos para acolher»
Jan 18_Jan 19 todo o dia

Viana do Castelo, 26 Dez 2019 (Ecclesia) – O encontro de pastoral litúrgica da Diocese de Viana do Castelo realiza-se nos dias 18 e 19 de janeiro, em Darque (Centro Paulo VI) e tem como tema “Liturgia: Acolhidos para Acolher”.

Esta iniciativa conta com vários oradores que vão refletir sobre «Acolhimento de novos elementos nos diversos Ministérios»; «O Acolhimento na perspetiva do Papa Francisco, e o papel de Maria da sua estruturação» e «O Acolhimento, à imagem de Maria, no Sacramento da Eucaristia», lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

A jornada, presidida por D. Anacleto Oliveira, bispo de Viana do Castelo, tem palestras também formativas para acólitos, músicos, catequistas, escuteiros, ministros extraordinários da comunhão, sacerdotes e leitores.

Monsenhor Luciano Guerra (Diocese de Leiria – Fátima), Aura Miguel (jornalista da Renascença), padre Amaro Gonçalo (Diocese do Porto) e vários oradores da Diocese de Viana do Castelo vão estar presentes nesta iniciativa.

LFS

Porto: Secretariado Diocesano propõe conversas entre jovens e bispos
Jan 18@21:00

Porto, 11 jan 2020 (Ecclesia) – O Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil do Porto vai organizar a 18 de janeiro uma “conversa” entre D. Pio Alves, bispo auxiliar, e os jovens da Vigararia de Santo Tirso, na igreja de S. Salvador do Campo, pelas 21h00.

A iniciativa “Escutar Deus na Voz dos Jovens” procura ouvir as novas gerações, com as suas “dificuldades, reflexões, sugestões ou até reclamações para a Igreja de hoje”.

Em 2020, a dinâmica propõe uma inscrição prévia dos jovens que se proponham a intervir – participantes entre os 17 e 35 anos de idade – com 3 minutos para a exposição das suas ideias.

OC

Portugal: Aveiro recebe celebração nacional da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos
Jan 18@21:00

Aveiro, 16 jan 2020 (Ecclesia) – O bispo da Guarda e vogal da Comissão Episcopal Missão e Nova Evangelização vai presidir à Celebração Ecuménica Nacional da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, este sábado, pelas 21h00, na Sé de Aveiro.

D. Manuel Felício vai presidir à oração ecuménica que conta com a presença do bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, de D. Jorge Pina Cabral, bispo da Igreja Lusitana, D. Sifredo Teixeira, da Igreja Metodista, e representantes da Igreja Presbiteriana e clérigos do COPIC – Conselho Português das Igrejas Cristãs.

A Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2020, que no hemisfério norte decorre de 18 a 25 de janeiro, vai recordar os migrantes e refugiados vítimas de naufrágios no Mediterrâneo, com o tema ‘Trataram-nos com uma amabilidade fora do comum’.

A reflexão é proposta pelas comunidades cristãs do arquipélago maltês, a partir do relato bíblico do naufrágio de São Paulo II (século I), que o levou até à ilha de Malta, onde, segundo o livro dos Atos dos Apóstolos, foi tratado com “invulgar humanidade”.

“Hoje muitas pessoas estão a enfrentar terrores semelhantes, nesses mesmos mares. Os lugares mencionados no texto também fazem parte das histórias de migrantes de tempos modernos”, refere a proposta de reflexão, publicada em conjunto pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos (Santa Sé) e a Comissão Fé e Constituição do Conselho Mundial das Igrejas.

Os materiais foram preparados pelas Igrejas cristãs em Malta e Gozo (Cristãos Unidos em Malta), destacando a chegada da fé cristã a estas ilhas, através do apóstolo Paulo.

O ‘oitavário pela unidade da Igreja’, hoje com outra denominação, começou a ser celebrado em 1908, por iniciativa do norte-americano Paul Wattson, presbítero anglicano que mais tarde se converteu ao catolicismo.

O ecumenismo é o conjunto de iniciativas e atividades tendentes a favorecer o regresso à unidade dos cristãos, quebrada no passado por cismas e ruturas.

As principais divisões entre as Igrejas cristãs ocorreram no século V, depois dos Concílios de Éfeso e de Calcedónia (Igreja copta, do Egito, entre outras); no século XI com a cisão entre o Ocidente e o Oriente (Igrejas Ortodoxas); no século XVI, com a Reforma Protestante e, posteriormente, a separação da Igreja de Inglaterra (Anglicana).

OC/CB

Lisboa: Vigília ecuménica jovem centrada no «Acolher com Humanidade»
Jan 18@21:30

Lisboa, 09 Jan 2020 (Ecclesia) – A Igreja de Santa Isabel (cidade de Lisboa) vai acolher, dia 18 janeiro, às 21h30, uma vigília ecuménica jovem centrada no tema «Acolher com Humanidade» (Act. 28, 2).

Depois da oração segue-se um tempo de “convívio e confraternização” nesta iniciativa conjunta dos Departamentos Juvenis das Igrejas Católica (Patriarcado de Lisboa), Lusitana (Comunhão Anglicana), Metodista, Presbiteriana e Evangélica Alemã, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

“É sob o signo do apóstolo Paulo e do acolhimento que lhe foi dado pelos habitantes da ilha de Malta que decorre este ano a Vigília Ecuménica Jovem”, acrescenta.

A partir do testemunho conservado pelos Actos dos Apóstolos, os cristãos de Malta propõem, no tema deste ano, a urgência de «Acolher com Humanidade» “todos aqueles e aquelas que, às portas da Europa ou à porta das nossas vidas, procuram refúgio, calor, humanidade”.

LFS

Jan
19
Dom
Açores: Secretariado Bíblico de São Miguel promove jornada dedicada ao Evangelista João
Jan 19_Jan 21 todo o dia

Angra do Heroísmo, Açores, 09 jan 2020 (Ecclesia) – O Secretariado Bíblico de São Miguel vai organizar umas jornadas bíblicas sobre as Cartas de São João e o livro do Apocalipse, respetivamente de 13 a 15 de janeiro e no dia 19.

A organização informa que o padre Ricardo Tavares vai aprofundar as Cartas de São João, de 13 e 15 de janeiro, às 20h00, no Centro Social e Cultural dos Fenais da Luz, na Ouvidoria (arcipretado) das Capelas.

O sacerdote, especialista em Sagrada Escritura, informou que vai apresentar a posição das três cartas de São João no todo do Novo Testamento e do inteiro Cânon Bíblico, como o contexto histórico-religioso em que foram compostas.

O padre Ricardo Tavares adiantou que, num segundo momento, as cartas vão ser refletidos como “um tratado sobre o amor, não enquanto sentimento, mas como um `pragma´, palavra que atua, Espírito que Se faz carne, Deus que Se faz humano”.

“O amor será focado como entidade pessoal com um conhecimento, não teórico, perfeito, angélico, imaculado, mas inventivo, arriscado, imperfeito, interativo com os outros, no sentido de os promover no bem”, explicou numa nota enviada ao sítio online ‘Igreja Açores’, da Diocese de Angra.

A jornada bíblica, que é de entrada livre e os participantes devem levar a sua Bíblia, continua no domingo seguinte, dia 19, e o Secretariado Bíblico de São Miguel convidou o padre Davide Barcelos para falar sobre a “esperança” no livro do Apocalipse, a partir das 15h00 no Centro Pastoral das Furnas, na Ouvidoria da Povoação.

CB/OC

Lisboa: Diocese dinamiza Fórum das Missões 2020
Jan 19 todo o dia

Lisboa, 07 jan 2020 (Ecclesia) – O Sector da Animação Missionária do Patriarcado de Lisboa vai realizar o Fórum das Missões 2020, a partir das 09h30 do dia 19 de janeiro, no Convento de Mafra.

“No Fórum Diocesano das Missões vamos tentar, com dinâmicas novas, trazer a realidade missionária e espelhá-la de uma maneira mais viva e mais dinâmica”, disse o diretor deste sector, o padre Albino dos Anjos, ao jornal diocesano ‘Voz da Verdade’.

O Fórum das Missões 2020, começa com o acolhimento, às 09h30, depois estão previstas diversas atividades e a manhã termina com a Eucaristia dominical, a partir das 11h30.

Segundo o programa, o dia dedicado à missão no Patriarcado de Lisboa continua com ‘Mission Talks’, onde vão ser partilhados diversos testemunhos, às 14h30, e termina com um concerto, às 16h30.

Na sua página na rede social Facebook, o Sector da Animação Missionária do Patriarcado de Lisboa desafia a “viver um dia diferente” que vai ajudar a perceber que “batizados e enviados” são “a Igreja de Cristo em missão”.

CB

Pastoral Juvenil: Bispo de Setúbal encerra visita pastoral com jovens
Jan 19 todo o dia

Setúbal, 15 Jan 2020 (Ecclesia) – A visita pastoral do Bispo de Setúbal, D. José Ornelas, à vigararia Barreiro/Moita, encerra no dia 19 de janeiro, com um conselho vicarial da juventude.

A celebração (12h00) é na Igreja de Santa Maria, no Barreiro, e no início da manhã, os jovens representantes e párocos das paróquias desta vigararia reúnem-se em Conselho Vicarial da Juventude, com a presença do bispo diocesano, D. José Ornelas, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA

Esta é 4ª edição dos encontros «Partilha-te +» que acontecem como conclusão das visitas pastorais do Bispo de Setúbal a cada vigararia.

LFS

Açores: Romeiros de São Miguel encontram-se em retiro anual
Jan 19@8:30

Angra do Heroísmo, Açores, 17 jan 2020 (Ecclesia) – Os Romeiros de São Miguel vão começar a caminhada para a Quaresma este domingo, com um retiro onde vão refletir sobre o encontro com a Samaritana, a partir das 8h30, na Escola Gaspar Frutuoso, na Ribeira Grande.

A Diocese de Angra informa que os Romeiros de São Miguel vão refletir sobre “a sede de Jesus”, manifestada na sua passagem pela Samaria onde encontra “uma mulher a quem pede de beber”, a partir do Evangelho de São João.

O retiro anual, que marca a caminhada para a Quaresma 2020, vai ser orientado pelo prefeito de Estudos do Seminário Episcopal de Angra, o padre José júlio Rocha.

O tema ‘Poço de Jacob’ vai ser refletido em três momentos ao longo do dia 19 de janeiro, e há possibilidade de diálogo durante os períodos “de plenário”.

Segundo o programa, o encontro na Escola Gaspar Frutuoso, na Ribeira Grande, começa às 8h30 e termina com a celebração da Eucaristia, às 16h00.

O Movimento Romeiros de São Miguel constituiu-se em Associação cívica há cerca de três anos e conta atualmente com a participação sistemática de 53 ranchos nas romarias que habitualmente atravessam as estradas da maior ilha dos Açores numa marcha a pé do nascer até ao por do sol, durante uma semana, no período da Quaresma. Os primeiros ranchos saem no primeiro sábado da Quaresma e os últimos ranchos recolhem na quinta feira santa.

As romarias quaresmais mobilizam anualmente entre 2000 e 2500 homens e constituem uma das mais importantes manifestações da religiosidade popular nos Açores.

Em São Miguel as romarias quaresmais comemoram 500 anos, em 2022, e a Associação Movimento Romeiros de São Miguel quer candidatar estas manifestações penitenciais a Património Imaterial da Unesco; Nas ilhas Terceira e Graciosa também existem grupos mas “há menos tempo e com uma romaria mais curta”, divulga o sítio online ‘Igreja Açores’.

CB

 

Setúbal: Exibição de musical sobre a vida e obra de Madre Teresa de Calcutá
Jan 19@15:00

Setúbal, 14 Jan 2020 (Ecclesia) – O Departamento da Juventude de Setúbal vai promover, dia 19 deste mês, na Casa da Cultura da Baía do Tejo, no Barreiro, o musical «Uma gota no Oceano», sobre a vida e obra de Madre Teresa de Calcutá.

Esta iniciativa surge no âmbito da celebração da conclusão das visitas pastorais do Bispo de Setúbal, D. José Ornelas, à vigararia Barreiro-Moita, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Este tempo especial dedicado aos jovens da diocese, “que também tem em perspetiva a celebração da Jornada Mundial da Juventude em 2022, em Portugal”, desafia os jovens a assumir “cada vez mais o seu protagonismo na paróquia, na vigararia e na diocese.

Este musical potencia a reflexão dos jovens com base no tema diocesano «Levanta-te e Partilha-te!».

A Companhia de Teatro “ART&SAL”, do Centro Juvenil dos Salesianos do Funchal (Ilha da Madeira), é quem traz a palco o musical “Uma gota no oceano”.

“Entre obras de arte cruas e realísticas; canções melodiosas e letras que tocam o coração; danças, umas mais frenéticas do que outras; e os dois atos do teatro com algum drama e atenuados com uma pitada de bom humor, vão contando várias histórias…” lê-se na nota.

Esta companhia – que existe desde 2013 – já levou a palco os musicais “O Príncipe e a Lavadeira” em 2013 e 2014, “Nas asas do sonho” em 2015, “Jesus Cristo Superstar” em 2017 e resulta da simbiose dos grupos das artes plásticas e pintura, coro, dança e teatro, formados por adolescentes, jovens e alguns adultos.

LFS


NACIONAL

VATICANO

INTERNACIONAL

REPORTAGEM