Ano Missionário: Estátua de D. António Barroso é uma homenagem à missionação portuguesa (c/fotos)

D. Manuel Linda presidiu à inauguração do monumento, em Cernache do Bonjardim, e pediu aos legisladores em Portugal que seja criada uma «verdadeira lei que valorize o voluntariado»

Ano Missionário: «O desafio cultural da missão é hoje grande» e exige «capacidade de escuta e mais disponibilidade dialogante» – D. Manuel Clemente (c/fotos)

Presidente da Conferência Episcopal Portuguesa encerrou hoje em Fátima o Ano Missionário Extraordinário

Vaticano: Papa diz que católicos devem ir ao encontro de todos, sem «excluir» ou julgar

No Dia Mundial das Missões, Francisco questiona« velhos conflitos de poder, que alimentam guerras e destroem o planeta»

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Slider
70×7: Presidente da República sublinha «missão sempre cumprida» de ser «ponte» e diálogo entre «religiões» (c/vídeo)

Marcelo Rebelo de Sousa agradeceu aos «fizeram, fazem e continuarão a fazer» o programa «velhíssimo, mas sempre renovado»

(mais…)

70×7: Programa «marcou profundamente» a imagem da Igreja Católica no pós-25 de abril (c/vídeo)

José Lopes Araújo, da RTP, destaca «uma nova visão» da posição dos católicos na sociedade e diz que o padre António Rego é «uma figura marcante» na história da relação da Igreja com os média

(mais…)

70×7: Um programa há 40 anos a comunicar por parábolas

Professor Universitário Carlos Capucho analisou a exploração da linguagem simbólica nesta narrativa televisiva

(mais…)

Igreja: Papa envia video-mensagem a jovens universitários do Porto (c/vídeo)

«Vale a pena que a nossa juventude se coloque ao serviço das causas grandes», diz Francisco
(mais…)

Espiritualidade: O coração «é o fio condutor» que leva o homem ao entendimento – D. José Ornelas

O bispo de Setúbal disse hoje em no Congresso que assinala os 175 anos do Apostolado da Oração que, na Bíblia, o coração assume «um carater simbólico, não é um órgão físico»

(mais…)

Apostolado da Oração: «Ninguém vive 175 anos», afirma o padre Manuel Morujão sobre o aniversário do AO

Sacerdote Jesuíta vai falar de «santos pelo coração» em colóquio nacional, no Santuário de Fátima (mais…)

SÍNODO PARA A AMAZÓNIA

Igreja/Portugal: Bispos consagraram Igreja Católica ao Sagrado Coração de Jesus (c/fotos)

Celebração decorreu no âmbito do Ano Missionário e da celebração dos 175 anos do Apostolado da Oração

(mais…)

 

Sínodo 2019: Papa inaugurou exposição sobre a Amazónia nos Museus do Vaticano

Francisco considera que beleza é fator de união e combate “distâncias e barreiras”

(mais…)

Síria: Igrejas Cristãs «pedem o fim do conflito» contra o Curdos

«É tempo de paz, de trégua, diálogo e justiça» – Conselho Mundial de Igrejas (mais…)

Ciclone Idai: «Pensávamos que a cidade da Beira já não existisse» – Secretário-geral da Cáritas Moçambicana

Documentário «Recuperar Vidas. Restaurar a Esperança» recorda os dias que se seguiram à tragédia e apresenta o processo de reconstrução em curso

(mais…)

Europa: Comissões Justiça e Paz alertam para situações de pobreza, exclusão e crise migratória

«Liberdade é um projeto interminável no qual devemos trabalhar todos os dias», assinalam responsáveis católicos, 30 anos após a queda do Muro de Berlim (mais…)

Porto: 60 anos da «Carta a Salazar» e 50 do regresso de D. António Ferreira Gomes assinalados «festivamente»

Diocese promoveu colóquio com a participação de quem conviveu com o antigo bispo do Porto e apresenta, na noite desta sexta-feira, uma sessão teatral e musical

(mais…)

Lisboa: Identificar uma periferia para a colocar no centro de cada comunidade é o desafio do Ano Pastoral em curso

«Sair com Cristo ao encontro de todas as periferias» é o tema do terceiro ano da receção do Sínodo apresentado hoje por D. Manuel Clemente

(mais…)

Apostolado da Oração: Investigação afirma o «enorme potencial» da revista «Cruzada» e sugere um tipo de letra «serifada»

Diana Maria D’Orey realizou trabalho de mestrado sobre a publicação fundada em 1930 e deixa propostas para cativar a leitura dos jovens 

(mais…)

Missões: «Processos com diferentes ritmos» marcaram Ano Missionário – Diretor das Obras Missionárias Pontifícias

Padre António Lopes desvaloriza falta de centros missionários diocesanos e diz que missão arranca agora

(mais…)

Lisboa: Comunidade de São Brás tem um novo templo

D. Manuel Clemente explicou que a nova igreja, um «sonho» com 36 anos, «ultrapassa a sua materialidade» (mais…)

Viana do Castelo: Bispo destaca importância do «acolhimento» e «significado especial» da peregrinação diocesana a Fátima

«Só em Igreja se pode ser cristão», afirmou D. Anacleto Oliveira numa mensagem à diocese (mais…)

Pobreza: Estatísticas escondem casos reais e situações «crónicas»

Cáritas Portuguesa e Comunidade Vida e Paz sublinham dados indicativos de redução do número de pobres, mas afirmam que valor de 460 euros como limiar da pobreza é «irrealista»

(mais…)

Pobreza: «Ninguém consegue romper os ciclos de pobreza» – Henrique Pinto 

 Fundador da Impossible – Passionate Happenings considera que os números da pobreza hoje divulgados «não correspondem à verdade»

(mais…)

Programa 70X7 de 20 de Outubro de 2019

Programa Ecclesia de 18 de Outubro de 2019

Chegará quem não esperas

José Luís Nunes Martins

(mais…)

Um cardeal para todos

Octávio Carmo, Agência ECCLESIA (mais…)


A cruz escondida

Paquistão vive onda de sequestros e conversões forçadas de jovens cristãs

(mais…)

Editorial Cáritas

Programas Cáritas – Parceiros [ver caderno]

(mais…)

CONSISTÓRIO 2019

AGENDA

Out
18
Sex
Pastoral Juvenil: Monge português da Comunidade de Taizé visita dioceses portuguesas
Out 18_Out 26 todo o dia

Foto: Irmão David, da Comunidade Ecuménica de Taizé, Patriarcado de Lisboa

Lisboa, 17 out 2019 (Ecclesia) – O irmão David, o único monge português da Comunidade Ecuménica de Taizé, vai estar em Portugal, de 18 a 26 deste mês, onde vai estar com os jovens em diversas dioceses e participar no Fórum Ecuménico Jovem (FEJ).

A partir desta sexta-feira e até ao dia 25 de outubro, o irmão David vai estar em oito dioceses e no dia seguinte (26) participa na XX edição do FEJ que vai reunir jovens de diversas Igrejas Cristãs, no tema «Atreve-te a ser…», na Universidade da Beira Interior, na Covilhã, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O primeiro encontro vai ser em Lisboa, às 19h45, na Igreja de São Nicolau (baixa da capital portuguesa) e no dia seguinte (19 de outubro) vai participar no encontro diocesano de Taizé da Diocese de Portalegre – Castelo Branco que se realiza na localidade de Constância.

Em Santarém, na Igreja de São Nicolau (17h00), no dia 20 de outubro; na igreja do Carmo (às 20h30) na cidade de Aveiro a 21 deste mês; encontro e oração (às 21h00 de 22 de outubro) na Paróquia de Almacave (Lamego); no Porto (igreja de São José das Taipas, às 21h30) no dia 23 de outubro; em Viseu (na igreja dos Terceiros de São Francisco) às 21h00 do dia 24 deste mês e na igreja Matriz do Fundão (Diocese da Guarda), às 21h30 do dia 25 deste mês são os restantes encontros do irmão David.

No último dia, 26 de outubro, vai estar na Covilhã (09h00-17h00) para participar no XX Fórum Ecuménico Jovem.

A comunidade ecuménica de Taizé  está a preparar o Encontro Europeu de final de ano que se vai realizar na cidade polaca de Wroclaw, no final de 2019.

LFS

Portugal: Fórum Ecuménico Jovem na Covilhã

 

Out
20
Dom
Igreja/Ensino: Semana da Educação Cristã vai ao encontro dos «distantes e marginalizados»
Out 20_Out 27 todo o dia

Lisboa, 17 out 2019 (Ecclesia) – Os bispos da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé apelaram a uma ação educativa que vá ao encontro dos que “se encontram mais distantes e marginalizados, esquecidos”.

A mensagem é lançada por ocasião da Semana Nacional da Educação Cristã (20-27 de outubro), manifestando gratidão a todos os que têm compromissos neste campo.

“Empenhados nesta nobre tarefa evangelizadora, encontramos, nos últimos anos, sinais de maior atenção e cuidado dos adultos – pais, catequistas e professores – pela educação cristã e humana das novas gerações”, refere o texto, enviado hoje à Agência ECCLESIA.

Os membros da comissão responsável pela área da Educação, na Conferência Episcopal Portuguesa, saúdam os que “procuram dinâmicas novas, cuidam das linguagens, partilham experiências e se formam continuamente para poderem testemunhar uma atitude missionária na sua vida quotidiana e em toda a sua atividade pastoral e educativa”.

LFS

Igreja/Ensino: Bispos desafiam a ação educativa que vá ao encontro dos «distantes e marginalizados»

Out
22
Ter
Pastoral Social: Encontro nacional quer «Trazer as periferias para o centro»
Out 22_Out 24 todo o dia

Fátima, 12 set 2019 (Ecclesia) – O encontro nacional da pastoral social, a realizar em Fátima (Hotel Steyler), de 22 a 24 de outubro, tem como tema «Trazer as periferias para o centro».

A conferência de abertura, às 15h00, é proferida por D. Manuel Clemente, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, e vai abordar «Uma igreja em saída ao encontro de todas as periferias», lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA

«A vida em sociedade e a exigência ética» é o tema da reflexão, às 17h00, da provedora de Justiça, Maria Lúcia Amaral, e, pelas 18h30, realiza-se um painel onde as pessoas sem abrigo vão estar no centro.

No segundo dia de trabalhos, desta iniciativa organizada pelo Secretariado Nacional da Pastoral Social, «A cidade e o campo» por Álvaro Domingues (professor da Faculdade de Arquitetura – Porto) e «E, agora, os refugiados?!» por André Costa Jorge (PAR – Plataforma de Apoio aos Refugiados – JRS) são duas temáticas a refletir, lê-se no programa.

Na tarde desse mesmo dia, os participantes vão poder visualizar o filme «Campeões», de Javier Fesser (2018), seguido de debate, e às 18h30, o professor da UCP, Juan Ambrosio, fala sobre o «Sínodo da Amazónia».

«Num bairro periférico de uma cidade» é o tema da conferência de José Carlos Mota, (Departamento de Ciências Sociais, Políticas e do Território – Universidade de Aveiro) na manhã do último dia.

A conferência de encerramento do 33º encontro nacional da pastoral social está a cargo do diretor do secretariado, padre José Manuel Pereira d´Almeida, que aborda o tema «O que dizemos quando falamos de “opção preferencial pelos pobres”?»

LFS

PROGRAMA do ENCONTRO

Coimbra: Secretariado da Pastoral Vocacional propõe «Caminho de Emaús»
Out 22@19:45

Coimbra, 01 out 2019 (Ecclesia) – O Secretariado da Pastoral Vocacional da Diocese de Coimbra propõe um itinerário de descoberta vocacional (dos 18 anos 35 anos), intitulado «Caminho de Emaús».

Trata-se de um caminho de “aprofundamento do sentido da vida e da descoberta serena e feliz da vocação de cada um (pode ser vocação familiar, padre, consagrado ou consagrada e laical) e um caminho que tem por base o acompanhamento pessoal e a partilha em grupo”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA

Esta iniciativa, com início no dia 22 de outubro, às 19h45, no Seminário Maior de Coimbra, tem uma parte de trabalho pessoal ajudados por um guião e outra parte concretiza-se num encontro mensal de 3 horas cada (domingo à tarde).

Ao todo são 7 encontros mensais e termina com um retiro de fim-de-semana.

LFS

Out
23
Qua
Igreja/Cultura: 12 concertos na edição da «Temporada Música em São Roque»
Out 23 todo o dia

Lisboa, 10 out 2019 (Ecclesia) – A 31ª edição da Temporada Música em Roque (TMSR) começa esta sexta-feira e vai ter 12 concertos “únicos e imperdíveis”, organizada pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

O maestro Filipe Carvalheiro é o diretor artístico deste evento, que decorre até ao dia 10 de novembro e que será composto por 12 concertos, que incluem algumas das orquestras e coros “mais conceituados do panorama da música clássica portuguesa”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A 31ª edição da Temporada Música em São Roque terá o Coro Gulbenkian a fazer as honras de abertura, com a «Petite Messe Solennelle», a pequena pérola religiosa de Gioachino Rossini, lê-se.

O Camerata Atlântica vai apresentar (13 outubro), em estreia mundial, a Sinfonietta para Cordas de Sérgio Azevedo, escrita a partir de esboços e andamentos inacabados que, por uma razão ou por outra, estavam “adormecidos em papel”.

O Coro Casa da Música leva (18 de outubro) à Igreja de São Roque a grandiosidade e serenidade das Vésperas de Claudio Monteverdi, enquanto que a Orquestra Orbis irá apresentar (19 de outubro) a obra-prima de André Caplet.

O Capella Joanina vai apresentar (20 de outubro) algumas obras do barroco ibérico que foram proibidas por decreto régio, e o grupo Divino Sospiro irá brindar (23 de outubro) o público com o “Passio Ibérica”, uma visão da piedade culta e popular do tema das Sete Palavras de Cristo na Cruz e do Stabat Mater, na tradição ibérica do século XVIII.

As Vozes Alfonsinas (25 de outubro) levarão ao Convento dos Cardaes as itinerâncias trovadorescas, através da redescoberta das cantigas medievais em Galego-Português; e o Concerto Campestre recordará (27 de outubro) o nascimento da Modinha em Portugal.

Os Ensemble MPMP irão apresentar (dia 01 de novembro) duas das maiores obras de João Domingos Bomtempo, a par com a estreia absoluta de uma obra de Hugo Ribeiro (que ganhou o prémio Musa 2019).

Vai ser também possível assistir (03 de novembro) ao concerto do grupo Cupertinos, que vai apresentar um programa baseado no seu 1º – e aclamado – trabalho discográfico, que representa uma incursão pela obra magistral de Manuel Cardoso.

Os Cupertinos são considerados os embaixadores da Polifonia Portuguesa e foram distinguidos recentemente pela revista britânica Gramophone, na categoria de Música Antiga.

Também faz parte do programa (08 de novembro) desta 31ª edição o grupo Sete Lágrimas que, este ano, comemora o seu 20º aniversário.

Já a fechar a temporada, e com o objetivo de encorajar o trabalho dos jovens músicos, vai estar presente (10 de novembro) a Orquestra Geração.

Os “palcos” dos concertos desta edição serão distribuídos pela Igreja de S. Roque, Igreja de São Pedro de Alcântara, Mosteiro de Santos-o-Novo e Convento dos Cardaes.

LFS

Igreja/Património: Ação de formação sobre Turismo Religioso «Caminhos da fé»
Out 23 todo o dia

Coimbra, 03 out 2019 (Ecclesia) – O Turismo de Portugal está a promover (07, 14, 23 e 28 deste mês) uma ação de formação sobre turismo religioso, denominada «Caminhos da Fé», que visa capacitar os agentes do setor na promoção deste segmento turístico.

Esta iniciativa vai decorrer na Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra e é dirigida a agências de viagens, empresas de animação turística, estabelecimentos hoteleiros e colaboradores das Entidades Regionais de Turismo e de Municípios, tendo em vista a qualificação da informação turística prestada”, refere o Turismo de Portugal, explicando que a ação vai ser dedicada a três temas principais – Caminhos de Fátima, Caminho de Santiago e Herança Judaica em Portugal, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

A ação de formação vai ter um cariz “marcadamente prático” e decorre ao longo de quatro dias, incluindo duas visitas técnicas, ao Altar Mariano Santa Maria de Coimbra (Sé Velha) e à Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra, bem como um workshop gastronómico.

A atividade conta com formadores indicados pelos vários parceiros institucionais como o Centro Nacional de Cultura, o Secretariado Nacional para os Bens Culturais de Igreja, o Departamento de Estudos do Santuário de Fátima, a Comunidade Israelita de Lisboa, o Centro de Estudos Judaicos de Trás-os-Montes, a Associação Via Lusitana, a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, revela ainda o Turismo de Portugal.

Depois de Coimbra, a ação vai decorrer também na Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, nos 04, 11 e 25 de novembro, terminando a 5 de dezembro.

LFS

 

Out
24
Qui
Angra: Jornadas de Comunicação sobre «as redes sociais» como «itinerários para um encontro»
Out 24_Out 25 todo o dia

Angra do Heroísmo, Açores, 24 set 2019 (Ecclesia) – O Serviço Diocesano da Pastoral das Comunicações Sociais de Angra vai dinamizar nos dias 24 e 25 de outubro as suas jornadas de comunicação, sobre ‘As redes sociais: itinerários para um encontro’.

“A Diocese de Angra pretende não só valorizar e estimular a comunicação social, mas também, em diálogo com os diversos intervenientes nesta área, refletir em conjunto sobre a sua importância e os desafios que lhe são colocados”, explica o bispo diocesano.

Na mensagem para a quinta edição das jornadas de comunicação, D. João Lavrador afirma que “numa sociedade decadente e numa cultura nublada” há um papel “ainda mais importante” da comunicação social na “edificação” de uma sociedade que se traduza pela comunhão entre as pessoas e por uma cultura que “salvaguarde a dignidade humana e o bem comum”.

O tema ‘Redes sociais: Itinerários para um encontro’ fundamenta-se na mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial Das Comunicações Sociais 2019 – ‘Das comunidades de redes sociais à comunidade humana’.

“São enormes os desafios que se lançam sobre a comunicação social nos tempos em que vivemos, mas são também muitas as capacidades dadas ao homem para que descubra os caminhos para comunicar em verdade no mundo em que vive”, desenvolveu D. João Lavrador, que é também o presidente da Comissão Episcopal da Cultura, dos Bens Culturais e das Comunicações Sociais da Igreja Católica em Portugal.

O sítio online ‘Igreja Açores’ informa que as Jornadas de Comunicação, “de olhos postos na comunicação social mas também nas famílias”, vão ter como oradores o bispo diocesano, e especialistas no setor como Clara Almeida Santos, da Universidade de Coimbra, Hélia Guerra, da Universidade dos Açores, e Ricardo Cunha Santos, fundador da ‘You On’ uma empresa na área das Tecnologias Online e Novos Media.

Os conferencistas vão abordar assuntos como: “Que caminhos devemos trilhar; como é que as famílias devem orientar os seus filhos no uso desta ferramenta; como poderemos ajudar a formar para uma maior clarividência na seleção da informação; que tipo de conteúdos deve a Igreja gerar”.

Cada dia das Jornadas de Comunicação tem um tema próprio: ‘A rede que temos: da metáfora do desencontro a um lugar de comunhão’, a 24 de outubro, e ‘Uma rede marcada pelos valores cristãos: itinerários de evangelização ao ritmo dos tempos’, no dia seguinte.

O encontro da Diocese de Angra destina-se a profissionais de comunicação e agentes de pastoral, “desde a catequese à família”, para além de serem abertas ao público em geral, “de forma gratuita”.

Esta semana, dias 26 e 27, o Secretariado Nacional das Comunicações Sociais da Igreja promove as suas jornadas de comunicação, sobre ‘O impacto da imagem’, na Domus Carmeli, em Fátima.

CB

Leiria: Três encontros sobre a missão na Vigararia de Ourém
Out 24 todo o dia

Leiria, 08 out 2019 (Ecclesia) – A Vigararia de Ourém (Diocese de Leiria – Fátima) realiza três encontros sobre a missão com o objetivo de se passar de uma pastoral de “mera conservação” para uma pastoral “decididamente missionária”.

O primeiro encontro é no dia 17 de outubro, às 21h00, no Salão Paroquial da Freixianda, e é subordinado ao tema «Ourém, terra de Missionários», com os testemunhos do padre José Henriques, que viveu grande parte da sua vida na Guiné-Bissau, e da Irmã Maria Augusta, que viveu muitos anos em Moçambique e Angola, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

No Centro Pastoral Paroquial de Nossa Senhora da Piedade (Ourém), dia 20 deste mês, das 14h45 às 18h00, realiza-se o segundo momento subordinado ao tema «Missionação de Ourém» com três comunicações: «A Devoção Cristã em Ourém em tempos medievais», por Saul António Gomes; «A Ação Pastoral dos frades do Convento de Santo António de Ourém (1600-1834)», por António Baptista e «A vivência cristã em Ourém no Século XIX», por Poças das Neves, lê-se

No dia 24 de outubro, no Salão Paroquial de Caxarias, às 21h00, o terceiro momento é subordinado ao tema «Ourém, terra de Missão», com duas intervenções: «A boa Nova de Jesus vivida pelos Jovens», por Jorge Martins e «Servir a alegria do amor vivido em família», pelo Casal Teresa e Ricardo.

Com o lema «Batizados e enviados», a Igreja celebra neste mês de Outubro, o Mês Missionário Extraordinário, proclamado pelo Papa Francisco, para que se compreenda mais profundamente, o quanto a Missão é “o máximo desafio para a Igreja” e “a primeira de todas as causas”.

Fazendo-se eco deste apelo do Papa Francisco, a Conferência Episcopal Portuguesa propôs um Ano Missionário, que agora termina, com o objetivo de apelar “a um maior vigor missionário em todas as dioceses, paróquias, comunidades e grupos eclesiais, desde os adultos aos jovens e crianças”.

LFS

Coimbra: Colóquio sobre «Um planeta doente – Uma economia que mata»
Out 24@21:15

Coimbra, 03 out 2019 (Ecclesia) – No Seminário Maior de Coimbra vai realizar-se, dia 24 deste mês, às 21h15, um colóquio sobre «Um planeta doente – Uma economia que mata».

Esta iniciativa, promovida pela Comissão Diocesana Justiça e Paz e pelo Seminário Maior de Coimbra, tem como oradores o padre João Vila Chã e Carlos Fiolhais com moderação de Helena Freitas, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Na sessão de abertura vai estar presente José Santos Cabral, Pedro Costa, Paulo Barradas e o padre Nuno Santos.

LFS

Out
25
Sex
Igreja/Cultura: 12 concertos na edição da «Temporada Música em São Roque»
Out 25 todo o dia

Lisboa, 10 out 2019 (Ecclesia) – A 31ª edição da Temporada Música em Roque (TMSR) começa esta sexta-feira e vai ter 12 concertos “únicos e imperdíveis”, organizada pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

O maestro Filipe Carvalheiro é o diretor artístico deste evento, que decorre até ao dia 10 de novembro e que será composto por 12 concertos, que incluem algumas das orquestras e coros “mais conceituados do panorama da música clássica portuguesa”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A 31ª edição da Temporada Música em São Roque terá o Coro Gulbenkian a fazer as honras de abertura, com a «Petite Messe Solennelle», a pequena pérola religiosa de Gioachino Rossini, lê-se.

O Camerata Atlântica vai apresentar (13 outubro), em estreia mundial, a Sinfonietta para Cordas de Sérgio Azevedo, escrita a partir de esboços e andamentos inacabados que, por uma razão ou por outra, estavam “adormecidos em papel”.

O Coro Casa da Música leva (18 de outubro) à Igreja de São Roque a grandiosidade e serenidade das Vésperas de Claudio Monteverdi, enquanto que a Orquestra Orbis irá apresentar (19 de outubro) a obra-prima de André Caplet.

O Capella Joanina vai apresentar (20 de outubro) algumas obras do barroco ibérico que foram proibidas por decreto régio, e o grupo Divino Sospiro irá brindar (23 de outubro) o público com o “Passio Ibérica”, uma visão da piedade culta e popular do tema das Sete Palavras de Cristo na Cruz e do Stabat Mater, na tradição ibérica do século XVIII.

As Vozes Alfonsinas (25 de outubro) levarão ao Convento dos Cardaes as itinerâncias trovadorescas, através da redescoberta das cantigas medievais em Galego-Português; e o Concerto Campestre recordará (27 de outubro) o nascimento da Modinha em Portugal.

Os Ensemble MPMP irão apresentar (dia 01 de novembro) duas das maiores obras de João Domingos Bomtempo, a par com a estreia absoluta de uma obra de Hugo Ribeiro (que ganhou o prémio Musa 2019).

Vai ser também possível assistir (03 de novembro) ao concerto do grupo Cupertinos, que vai apresentar um programa baseado no seu 1º – e aclamado – trabalho discográfico, que representa uma incursão pela obra magistral de Manuel Cardoso.

Os Cupertinos são considerados os embaixadores da Polifonia Portuguesa e foram distinguidos recentemente pela revista britânica Gramophone, na categoria de Música Antiga.

Também faz parte do programa (08 de novembro) desta 31ª edição o grupo Sete Lágrimas que, este ano, comemora o seu 20º aniversário.

Já a fechar a temporada, e com o objetivo de encorajar o trabalho dos jovens músicos, vai estar presente (10 de novembro) a Orquestra Geração.

Os “palcos” dos concertos desta edição serão distribuídos pela Igreja de S. Roque, Igreja de São Pedro de Alcântara, Mosteiro de Santos-o-Novo e Convento dos Cardaes.

LFS

Igreja/Sociedade: Jornadas «Educar para a Morte» em Viseu
Out 25_Out 26 todo o dia

Viseu, 25 set 2019 (Ecclesia) – O Instituto de Estudos Avançados em Catolicismo e Globalização (IEAC-GO) organiza, dias 25 e 26 de outubro, em Viseu, umas jornadas sobre «Educar para a Morte».

Com uma incidência marcadamente “prática e pedagógica”, as jornadas vão abarcar áreas como sociedade e comunicação, psicologia e psiquiatria, arte e educação e contam nas suas atividades com conferências plenárias, mesas-redondas, oficinas de trabalho, comunicações livres e dois espetáculos, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

É objetivo destas Jornadas fornecer ferramentas que “capacitem pais, professores, cuidadores, formadores e profissionais de diversas áreas para a ultrapassagem concreta da perplexidade originada por situações de morte nos seus âmbitos de atuação, e a criação de condições para a prestação de uma ajuda eficaz às pessoas em luto”, lê-se no comunicado.

LFS

Pastoral do Turismo: Jornadas nacionais sobre «Igreja: Turismo e Comunicação»
Out 25_Out 26 todo o dia

Lisboa, 16 set 2019 (Ecclesia) – A IV edição das Jornadas Nacionais da Pastoral do Turismo realiza-se nos dias 25 e 26 de outubro, Lisboa, e têm como tema «Igreja: Turismo e Comunicação».

A iniciativa – promovida pela Obra Nacional da Pastoral do Turismo (ONPT), organismo da Conferência Episcopal Portuguesa, em colaboração com o Turismo > Patriarcado de Lisboa (TPLx) – realiza-se no Auditório Montepio (Rua do Ouro – Lisboa), e os conferencistas convidados irão aprofundar novas possibilidades de comunicação do turismo, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

A conferência inicial, às 10h30, tem como tema «A Comunicação na Sagrada Escritura» e é proferida por D. Nuno Brás, bispo do Funchal.

«Evangelho e Comunicação»; «Comunicação na Pastoral do Turismo» e «Boas práticas de Comunicação» são os temas dos três painéis que contam com vários oradores: Bruno Machado, Joana Santos, Paulo Rocha, Paulo Campos Pinto, Margarida Franca e José Manuel Pimenta entre outros.

No último dia das jornadas os participantes fazem visitas guiadas em torno dos conventos de Lisboa.

LFS

Portugal: Jornadas de Catequistas vão evocar monsenhor Amílcar Amaral
Out 25_Out 27 todo o dia

Fátima, 24 Set 2019 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) vai evocar o centenário do nascimento de monsenhor Amílcar Amaral nas Jornadas Nacionais de Catequistas 2019, que têm lugar de 25 a 27 de outubro, em Fátima.

“[Monsenhor Amílcar Amaral] Nome ímpar e fundamental para se perceber a história da catequese em Portugal”, afirmou o presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé sobre o autor dos catecismos nacionais ‘A Doutrina Cristã’.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, pelo SNEC, D. António Moiteiro disse que é a monsenhor Amílcar Amaral que se deve “a existência de um programa, a divisão dos grupos catequéticos por faixa etárias, os guias dos catequistas e os catecismos para os catequizandos.

“Numa constante preocupação teológica e catequética que apresentava, pela primeira vez, uma preocupação gráfica de assinalar”, acrescentou, numa reunião com os Secretariados Diocesanos da Catequese, em Fátima.

As Jornadas Nacionais de Catequistas 2019 vão ter lugar entre 25 e 27 de outubro, e o primeiro dia centra-se no monsenhor Amílcar Amaral, sacerdote da Diocese de Aveiro onde foi o primeiro presidente do Secretariado da Catequese criado a 29 de março de 1949

Depois, o programa da formação centra-se nos adolescentes, cujo “acompanhamento é fundamental”, referiu o presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé.

O Secretariado Nacional da Educação Cristã apresentou um novo projeto de caminhada catequética para adolescentes, o ‘Say Yes – aprender a dizer sim’, um itinerário até à Jornada Mundial da Juventude 2022 que vai ser organizada pelo Patriarcado de Lisboa.

CB

PROGRAMA das JORNADAS DE CATEQUESE

Igreja/História: Colóquio sobre o encontro de São Francisco e o Sultão do Egito
Out 25@21:00

Lisboa, 07 out 2019 (Ecclesia) – No Centro Cultural Franciscano, em Lisboa (Largo da Luz), realiza-se, dia 25 deste mês, às 21h00, um colóquio sobre «São Francisco e o Sultão do Egito – Um encontro com 800 anos de história».

Frei Marcelo Cichinelli (Custódia da Terra Santa); Klalid Sacoor Jamal (Comunidade Islâmica de Lisboa) e Juan Francisco (Universidade Católica Portuguesa) são os oradores desta iniciativa, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Em 1219, cumprem-se agora oito séculos, a Cristandade e o Islão encontravam-se envolvidos numa das mais sangrentas guerras das Cruzadas.

Francisco de Assis tomou então a iniciativa de se dirigir ao Médio Oriente com o firme propósito de delinear uma alternativa que superasse a lógica de terror que estava implantada entre o mundo cristão e o mundo islâmico.

O seu desejo era contribuir para aproximar estes dois universos crentes, já que a guerra e as sucessivas Cruzadas tinham tornado impossível qualquer  mediação.

Francisco dirigiu-se então a Damietta, onde se encontrou com o Sultão Al-Malik al-Kamil.

LFS

Santarém: Vigílias de oração preparam o quinto Encontro Nacional de Leigos
Out 25@21:30

Santarém, 19 set 2019 (Ecclesia) – Para preparar o V Encontro Nacional de Leigos que se realiza na cidade de Santarém, a 23 de novembro, a organização (Conferência Nacional do Apostolado dos Leigos – CNAL) promove várias vigílias de oração.

A primeira realiza-se no dia 04 de outubro, na Igreja Paroquial da Sagrada Família do Entroncamento (21h30) e tem como tema «A vida oculta (infância, juventude e vida oculta; família e trabalho)», refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Na Igreja Paroquial de São Pedro de Torres Novas (21h30) será no dia 18 de outubro e tem como tema «A vida pública»

«A Paixão» é o tema da vigília de oração a 25 de outubro e acontece na Igreja Paroquial de São João Batista do Cartaxo.

«A Ressurreição» (8 de novembro) na Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição de Rio Maior e «A vida no Espírito (vocação laical)» (15 de Novembro) na Igreja Paroquial de São Paulo em Salvaterra de Magos, são as últimas vigílias.

“Prometo viver a vida em plenitude e até ao fim” é o tema central o V Encontro Nacional de Leigos.

LFS


Igreja: Portugal tem um novo santo

Leitura solene do decreto de canonização de Frei Bartolomeu dos Mártires tem lugar no dia 10 de novembro

 

Portugal: Presidente da República congratula-se com a canonização de Frei Bartolomeu dos Mártires

Marcelo Rebelo de Sousa diz que o antigo arcebispo de Braga é um «exemplo» para os crentes e um «orgulho» para «todos os portugueses»

 

Portugal: Bispos portugueses saúdam com «enorme alegria» o novo santo Bartolomeu dos Mártires

Conferência Episcopal Portuguesa sublinha «grande modelo para a renovação da Igreja»

 

Braga: Arcebispo destaca relevância do legado de São Bartolomeu dos Mártires num tempo de «crise na Igreja»

Antigo bispo foi «um autêntico reformador», frisa D. Jorge Ortiga

 

Viana do Castelo: Diocese declara a sua «profunda emoção e gratidão» pelo santo Bartolomeu dos Mártires

D. Anacleto Oliveira realça momento que deve «inspirar» as comunidades

 

Bragança-Miranda: Bispo já intercede ao novo santo Frei Bartolomeu dos Mártires

Uma figura que «encarnou o perfil de bispo ideal», refere D. José Cordeiro

NACIONAL

VATICANO

INTERNACIONAL