D. Jorge Ortiga fala em tempos de «responsabilidade» social e eclesial

Braga, 07 abr 2020 (Ecclesia) – O arcebispo de Braga apela, numa mensagem para a Páscoa enviada à Agência ECCLESIA, à multiplicação de gestos de “atenção” aos outros, no período de pandemia de Covid-19.

“Necessitamos de muitas Páscoas, de muitos gestos concretos, na atenção com os outros, não deixando que o vizinho, o familiar, se deixe possuir pelo pessimismo ou pelo desânimo, mas ajudá-lo, efetivamente, a que, com a presença do Senhor, seja capaz de ultrapassar e de viver a Páscoa com alegria, com serenidade”, refere D. Jorge Ortiga.

O arcebispo primaz pede que estes sejam “tempos de responsabilidade”, assumindo que ele próprio se encontra em isolamento social, procurando viver dias de “serenidade”, pessoalmente e em ligação aos sacerdotes e todos os cristãos que,” direta ou indiretamente”, vão contactando com ele.

O responsável católico tem ocupado o seu tempo sem “vazios”, com “momentos de oração, de reflexão e propostas de vida”, para continuar a trabalhar pela Igreja, “apesar de todas as contrariedades”.

D. Jorge Ortiga tem presidido à Eucaristia, com transmissão diária através das redes sociais.

O arcebispo de Braga admite um “período difícil de ultrapassar”, também do ponto de vista económico.

“É um momento para criarmos unidade entre todos, para assegurarmos que não estamos nesta luta sozinhos”, aponta.

Numa carta ao clero, D. Jorge Ortiga pediu uma “Páscoa de Páscoas”.

“Todos nós sabemos o sentido original da Páscoa, é a passagem, ultrapassagem, passar para a outra margem, acreditar que é possível algo novo e algo diferente”, explica no vídeo enviado à Agência ECCLESIA.

“Acredito firmemente que o Senhor está ressuscitado, que o Senhor ressuscitou e está presente na sua Igreja. Desejo que com Ele façamos desta Páscoa uma festa de pequenas Páscoas, para recuperarmos, novamente, a alegria e o encanto de viver”, conclui.

Ao longo da Semana Santa, a ECCLESIA publica mensagens em vídeo dos bispos portugueses, com a colaboração dos serviços diocesanos, a respeito da celebração da Páscoa em tempos de pandemia.

LFS/OC

A Agência Ecclesia agradece às várias dioceses o envio da gravação das mensagens pascais

Partilhar:
Share