Prémio de Jornalismo Dom Manuel Falcão entregue a título honorífico

Lisboa, 22 mai 2020 (Ecclesia) – O programa ‘70×7’ recebeu hoje a título honorífico, o ‘Prémio de Jornalismo Dom Manuel Falcão’, atribuído pelo Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, assinalando os seus 40 anos de emissão na RTP.

A primeira emissão do programa ‘70×7’ aconteceu no dia 21 de outubro de 1979; depois do primeiro ano como programa quinzenal, passou a ser emitido todas as semanas, em novembro de 1980, no canal 1 da RTP, até ao nascimento das televisões privadas, passando nessa ocasião a ser transmitido na RTP2.

Prémio de Jornalismo Dom Manuel Falcão é uma iniciativa da Igreja Católica em Portugal, através do Secretariado Nacional das Comunicações Sociais em parceria com o Grupo Renascença Multimédia, e distingue, em cada ano, um trabalho jornalístico de temática religiosa.

Em outubro de 2019, no 40.º aniversário do programa, o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, saudou a longevidade do ‘70×7′, que reconheceu como “ponte” de diálogo entre “religiões, confissões e Igrejas”, num espírito “de abertura ecuménica e liberdade religiosa”.

“Dentro do espírito de abertura ecuménica, a liberdade religiosa, de diálogo entre religiões, confissões e Igrejas passou a ser uma ponte para essas confissões, para essas comunidades e Igrejas, não deixando de ser a voz dos católicos, ou se quisermos, de forma mais geral, dos cristãos, num país aberto e ecuménico”, afirmou.

Já o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. Manuel Clemente, destacou que o ‘70×7’ foi “pioneiro” na presença mediática, que oferece “novas possibilidades à evangelização”.

OC

70×7: D. João Lavrador destaca programa que retrata «Igreja em movimento», atenta aos marginalizados

Partilhar:
Share