Presidente da Conferência Episcopal Portuguesa expressou «gratidão e companhia» aos iniciadores e colaboradores de uma presença na RTP com 40 anos

Fátima, 20 out 2019 (Ecclesia) – O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa afirmou hoje que o programa ‘70×7’, que celebra 40 anos de emissões na RTP, foi “pioneiro” na presença mediática que oferece “novas possibilidades à evangelização”.

Durante a homilia da Missa que presidiu em Fátima, no encerramento do Ano Missionário, D. Manuel Clemente disse que a missão hoje acontece “ficando ou partindo”, na “presença física” a que “acresce a mediática, abrindo novas possibilidades à evangelização”.

“Lembro, a propósito, que foi neste dia, já lá vão quarenta anos, que começou o programa televisivo 70×7, pioneiro neste campo entre nós. Ao seu iniciador, Cónego António Rego, e a todos os seus colaboradores e continuadores até hoje, a nossa gratidão e companhia”, afirmou o presidente da CEP.

A primeira emissão do programa ‘70×7’ foi no Dia Mundial das Missões de 1979, 21 de outubro; no primeiro ano era um programa quinzenal e depois passou a ser emitido todas as semanas, em novembro de 1980.

Este domingo, o ‘70×7’, que passa na RTP2, às 17h45, assinala os 40 anos de emissão na RTP com depoimentos dos fundadores do programa, António Rego e Manuel Vilas Boas, e a análise de Carlos Capucho e José Lopes Araújo.

Em Fátima, o cardeal-patriarca de Lisboa lembrou e estimulou também “tudo quanto tem aparecido entretanto, no mesmo sentido e com igual criatividade”.

Na homilia da Missa que assinalou o encerramento do Ano Missionário Extraordinário e os 175 anos do Apostolado da Oração, D. Manuel Clemente referiu-se ao “desafio cultural” da missão, na atualidade, que exige “mais capacidade de escuta e mais disponibilidade dialogante”.

Nota Pastoral ‘Todos, Tudo e Sempre em Missão’, divulgada em maio de 2018, a Conferência Episcopal Portuguesa promove anunciou que iria propor a realização de Ano Missionário Especial em todas as dioceses católicas do país, de outubro de 2018 a outubro de 2019, respondendo a uma iniciativa do Papa Francisco.

PR

Ano Missionário: «O desafio cultural da missão é hoje grande» e exige «capacidade de escuta e mais disponibilidade dialogante» – D. Manuel Clemente

Partilhar:
Share