Angra do Heroísmo, Açores, 10 fev 2020 (Ecclesia) – A Diocese de Angra anunciou o falecimento do diácono permanente Manuel Gonçalves Castelo, aos 77 anos de idade, recordando que trabalhou com quatro presidentes norte-americanos, como chefe de protocolo na ‘Guest House’ da Casa Branca.

O sítio online ‘Igreja Açores’, da Diocese de Angra, divulga que o funeral do diácono permanente “só deverá ser realizado na quarta ou quinta-feira”, na igreja de São José, em Ponta Delgada, paróquia onde residia, dado que se aguarda a chegada de familiares de Portugal continental e dos EUA.

Manuel Gonçalves Castelo faleceu este domingo, no Hospital de Ponta Delgada; era natural do concelho das Lajes das Flores, onde nasceu a 30 de janeiro de 1943; foi ordenado como diácono permanente pelo então bispo de Angra, D. António de Sousa Braga, a 4 de outubro de 2008, na igreja matriz das Lajes,

O sítio online ‘Igreja Açores’ informa que a Diocese de Angra tem seis diáconos permanentes.

CB

Partilhar:
Share