Outras instituições da Igreja também auxiliam população afetada pelos incêndios no Algarve

Porto, 12 ago 2018 (Ecclesia) – A Irmandade dos Clérigos, no Porto, informou hoje que doou 25 mil euros à Cáritas Diocesana do Algarve para apoiar as vítimas dos fogos que deflagraram na serra de Monchique.

“É nosso dever sermos solidários e apoiar as vítimas de mais esta catástrofe”, afirmou o presidente da Irmandade dos Clérigos, no âmbito dos 25 mil euros transferidos para a Cáritas Diocesana do Algarve que está a apoiar a população afetada pelo incêndio.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, o padre Américo Aguiar agradece “a todos os turistas, nacionais e estrangeiros”, que visitam o ex-libris na Diocese do Porto.

“É essa forte presença que nos permite apoiar aqueles que mais necessitam, sintam-se por isso protagonistas destes donativos, sem essa participação estes gestos seriam impossíveis de realizar”, desenvolveu o sacerdote.

Neste contexto, a Irmandade dos Clérigos lembra que, “no início deste mês”, foi possível entregar à Liga dos Bombeiros Portugueses “a verba de 18.022,00€”, para o Fundo de Proteção Social do Bombeiro.

Também esta tarde, o cardeal D. António Marto informou que o Santuário de Fátima vai entregar 30 mil euros à mesma instituição católica para ajudar as pessoas que perderam os seus bens.

O Santuário de Fátima juntou-se à onda de solidariedade e anunciou uma contribuição de 30 mil euros. A verba será entregue à Cáritas do Algarve.

O bispo da Diocese de Leiria-Fátima classificou os incêndios como uma “chaga social” e disse que no futuro podem dar “novos contributos”, no caso de serem necessários.

O incêndio em Monchique esteve ativo durante uma semana, de 3 a 10 de agosto, em Monchique, no distrito de Faro, e foi combatido por mais de mil operacionais, atingiu também o concelho vizinho de Silves, e com menor impacto, os municípios de Portimão e de Odemira, no distrito de Beja.

A Diocese do Algarve anunciou que os ofertórios das Missas do próximo fim de semana, dias 18 e 19 de agosto, destinam-se também às vítimas do incêndio, através da Cáritas Diocesana.

Outros donativos podem ser feitos através do IBAN PT50 0010 0000 2271 5720 1085 0, conta da Caritas da Diocese do Algarve exclusividade destinada à ajudar as vitimas do incêndio que afetou os concelhos de Monchique, Silves e Portimão.

CB

(Notícia atualizada 12:40 de 13 de agosto)

Partilhar:
Share