Carta-compromisso divulgada no Dia da Terra

Lisboa, 22 abr 2022 (Ecclesia) – A organização da JMJ Lisboa 2023 divulgou hoje, Dia da Terra, a carta-compromisso “Juntos por uma Jornada Mundial da Juventude mais sustentável”.

“Vamos juntos construir a Jornada Mundial da Juventude mais sustentável de sempre”, assinala o documento, enviado à Agência ECCLESIA.

O documento começa por recordar que o Papa desafia todos a fazer da jornada de Lisboa “um evento jovem, com vida e força”.

“É, pois, com mente fresca e criativa, bem como lúcida e responsável, que olhamos para a JMJ Lisboa 2023. Agosto de 2023 irá acolher um evento sem precedentes. Devemos aprender com a experiência adquirida em jornadas anteriores, promovendo a criatividade e a inovação”, pode ler-se.

A organização quer ter presentes objetivos de sustentabilidade “abraçados mundialmente”, como os «Laudato Si’ Goals», apresentados pelo Vaticano e a Agenda 2030 das Nações Unidas (ODS).

A jornada quer assentar nos “pilares” das encíclicas do Papa Francisco ‘Laudato Si’ e ‘Fratelli Tutti’, e da exortação apostólica ‘Christus Vivit’, que “convocam para o cuidado com a nossa Casa Comum”.

Inspirados por estes valores, e considerando a interpelação do Santo Padre a que vivamos segundo os valores da fraternidade universal e do cuidado com a Casa Comum, comprometemo-nos, juntos, a fazer da sustentabilidade um objetivo central da concretização da JMJ Lisboa 2023”.

A carta-compromisso cita uma passagem da encíclica ecológica e social ‘Laudato Si’ (2015): “Tudo está ligado. A preocupação com o Ambiente deve, assim, ser associada a um amor sincero pelos nossos semelhantes e a um compromisso inabalável de resolver os problemas da sociedade”. (LS, 91).

“A JMJ Lisboa 2023 terá na sua génese o conceito de ecologia integral”, assinala o documento.

O ponto de partida para este compromisso é “a sobriedade de cada um” em relação à utilização dos bens, assim como “a honestidade de fazer o melhor possível”.

“Queremos que a JMJ Lisboa 2023 seja uma referência no compromisso com a sustentabilidade, e que deixe um legado positivo duradouro no território, na comunidade em geral, na equipa, nos parceiros, nos voluntários e nos peregrinos”, indica a organização do evento promovido pela Igreja Católica.

A próxima edição internacional da Jornada Mundial da Juventude vai decorrer em Lisboa, entre 1 e 6 de agosto de 2023, na primeira vez que Portugal acolhe a iniciativa, com a presença de centenas de milhares de jovens.

O programa vai incluir catequeses e iniciativas culturais na cidade, antes dos encontros conclusivos sob a presidência do Papa, na zona do Parque Tejo.

Foto: JMJ 2023

Em abril de 2021, a organização da próxima Jornada Mundial da Juventude divulgou o Terço JMJ Lisboa 2023, em madeira e em plástico 100% reciclado.

A criação do terço é da responsabilidade área da marca e merchandising do Gabinete de Comunicação da JMJ Lisboa 2023, coordenado por Jorge Almeida, que destaca o “fácil uso” e “forte propósito de inclusão e o da sustentabilidade”.

OC

 

Partilhar:
Share