«Ciclo Cultura e Fé» leva vozes búlgaras, à Sé da Guarda, e «Paixão de Jesus» ao Marmeleiro

Fot. Município da Guarda

Guarda, 16 abr 2019 (Ecclesia) – A Diocese da Guarda está a assinalar esta Semana Santa com iniciativas de âmbito religioso, como o teatro, promovidas pelo município local em parceria, como a população de Pousade que vai representar ‘A última Ceia’, às 22h00 de sexta-feira.

“Uma última Ceia para o nosso tempo e com aquilo que tem de enriquecedor, com as perguntas que fazemos muitas vezes sobre a última ceia, onde a ideia de comunidade e partilha estão muito presentes”, disse o encenador Daniel Rocha, em declarações enviadas à Agência ECCLESIA, pelo jornal diocesano ‘A Guarda’.

O responsável adiantou que a figura Jesus vai ser vista de um “lado mais humano, da sua própria raiz”, “o desafio que o teatro faz quando tenta provocar a reação do público”.

Segundo Daniel Rocha, seguindo a sua “interpretação pessoal”, o espetáculo que vão “tentar fazer” é “o antes da Última Ceia”, isto é, como Jesus “recebe a própria vontade divina de cair, de ser entregue ao Pai”, com a participação de pessoas dos 12 aos 86 anos de idade da freguesia da Guarda.

“Gosto de reinventar temas, não é destruir o que está feito, é construir a partir daquilo que existe e que são os espaços vazios”, acrescenta o encenador, que pode ser ouvido a partir das 22h45, desta sexta-feira, no programa ECCLESIA, na Antena 1 da rádio pública.

O vereador da Cultura do Município da Guarda, Vitor Amaral, destacou que “é importantíssimo retomar” o teatro religioso em Pousade, “uma tradição que tem mais de 100 anos”, para além do “trabalho geracional” que “ultrapassa existência física das pessoas”.

Música, teatro, religiosidade popular, como procissões, entre outras iniciativas, marcam a Semana Santa 2019 no Município da Guarda que são promovidas em parceria como diversas instituições como a Igreja Católica.

Hoje, a Sé recebe o quarteto de vozes Búlgaro, Quartet Slavey (fundado em 1991), com um reportório com temas religiosos da Igreja Eslava do século XIV ao século XX, pelas 21h30.

Esta quarta-feira, o Grupo diocesano ‘Manantial’, de Ciudad Rodrigo (Espanha), vai apresentar ‘A Paixão de Jesus’, a partir das 20h30, na freguesia de Marmeleiro.

No próximo dia 19, Sexta-feira Santa, na cidade da Guarda a Procissão do ‘Enterro do Senhor’ sai da igreja da Misericórdia, às 21h00, e à mesma hora, pelas ruas de Pinhel vai ser apresentada a Via-Sacra com o tema ‘Tome a sua cruz todos os dias e siga-Me’, entre o Largo dos Combatentes e o Castelo.

Segundo a Diocese da Guarda, uma parceria entre a Paróquia e o Município de Pinhel, onde a direção artística propõe que a reflexão se centre “na dificuldade que cada um possui em transportar a sua cruz, em carregar o peso das suas dores, problemas, fragilidades e dificuldades, em confronto com a cruz de Jesus”, que conta com alguns grupos de ‘Encomendação das Almas’.

O programa festivo Quaresma/Páscoa no território da Igreja Católica na Guarda vai terminar com ‘Cantos de Misericórdia e Paixão’, pelo grupo da Casa Do Povo do Paúl (Concelho da Covilhã), pelas 18h00, deste sábado, véspera da Páscoa, na igreja Matriz de Pousade, divulga a diocese no seu sítio online.

SN/CB

Partilhar:
Share