D. Francisco Senra Coelho diz que é preciso responder a «dramática situação»

Foto: Lusa

Évora, 30 mar 2019 (Ecclesia) – O arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, anunciou hoje que a chamada ‘renúncia quaresmal’, donativos das comunidades católicas recolhidos na preparação para a Páscoa, vão ajudar a população de Moçambique.

“A Arquidiocese de Évora acompanha na oração a dramática situação do Povo Moçambicano e solidariza-se com o seu sofrimento em especial situação de emergência”, referiu o responsável, numa mensagem enviada à Agência ECCLESIA e divulgada através da sua conta na rede social Twitter.

O arcebispo de Évora propõe que as comunidades eclesiais da arquidiocese alentejana ajudem a Cáritas de Moçambique, após a passagem do ciclone Idai, somando assim este destino ao apoio da população “em sofrimento” na Venezuela.

“Apelo à caridade de todos para que em espírito de Quaresma saibamos partilhar na oração com aqueles que vivem angustiantes momentos de dolorosas aflições”, conclui.

O número de mortos provocados pelo ciclone Idai e as cheias que se seguiram subiu para 501, anunciaram hoje as autoridades moçambicanas.

OC

Solidariedade: Campanhas para ajudar as vítimas do ciclone em Moçambique

Partilhar:
Share