Igreja Católica nos Açores disponibilizou também a Clínica do Bom Jesus e o Centro Pastoral Pio XII

Angra do Heroísmo, Açores, 23 nov 2020 (Ecclesia) – A Diocese de Angra e o Governo Regional dos Açores assinaram um protocolo de cooperação para a cedência do Palácio de Santa Catarina, que vai funcionar como enfermaria de apoio a doentes não-Covid, até junho de 2021.

O sítio online ‘Igreja Açores’ informa que a Secretaria Regional da Saúde dos Açores vai poder “ocupar todo o espaço do Palácio de Santa Catarina”, em Angra do Heroísmo.

A Igreja Católica no Arquipélago dos Açores cedeu às estruturas regionais de saúde o Palácio de Santa Catarina para a instalação de uma enfermaria de apoio a doentes não Covid-19, ou seja, um espaço de internamento para doentes que “não necessitem de cuidados e terapêuticas diferenciadas”, até junho de 2021.

O Palácio de Santa Catarina, que a Diocese de Angra utiliza habitualmente para retiros e eventos que impliquem alojamento, “está agora a ser intervencionado, com pequenas reparações e obras de adaptação” para ser utilizado pelos serviços de saúde em caso de necessitarem de camas no hospital do Santo Espírito para internar doentes com Covid-19.

A diocese insular disponibilizou também a Clínica do Bom Jesus e o Centro Pastoral Pio XII, em Ponta Delgada, respetivamente para o apoio complementar ao Serviço Regional de Saúde e para o alojamento de profissionais de saúde e outros profissionais que estão na linha da frente do combate à pandemia.

O Centro de Acolhimento instalado no Palácio de Santa Catarina, disponibilizado pela Diocese de Angra, contou com uma intervenção no piso 0, constituído por 12 quartos (11 individuais e um duplo), todos com casa de banho privativa, tendo sido instaladas, para já, 13 camas hospitalares.

“Esta estrutura foi preparada para responder no caso de haver necessidade de acomodar utentes acolhidos em Estruturas Residenciais para Idosos ou outras estruturas residenciais que assegurem respostas sociais e que resultem de uma eventual separação entre utentes infetados com Covid-19 e não infetados, em caso de surto numa dessas estruturas e nos termos das orientações que venham a ser dadas pela Autoridade de Saúde local”, indica o Governo Regional dos Açores.

Foi ainda preparado um segundo edifício, na freguesia de Porto Martins, no concelho da Praia da Vitória, disponibilizado pela Irmandade de Nossa Senhora do Livramento, onde estão disponíveis mais 28 camas (10 quartos individuais e nove duplos).

Este domingo, a Região Autónoma dos Açores registou 25 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, 18 na ilha de São Miguel e sete na ilha Terceira, relativos às últimas 24 horas.

CB/OC

 

Partilhar:
Share