Diocese tem um novo secretariado, um delegado para a JMJ 2022 e 19 comunidades com novos párocos

Faro, 19 jul 2019 (Ecclesia) – D. Manuel Quintas publicou as nomeações para o novo ano, desafiando a uma , “pastoral de convergência” e implementando “respostas interparoquiais comuns”. 

“É fundamental a promoção duma pastoral de convergência, em cada vigararia e, sobretudo, entre paróquias com características populacionais e geográficas semelhantes, particularmente em áreas urbanas, implementando respostas e propostas interparoquiais comuns”, referiu o bispo diocesano em declarações ao jornal diocesano.

O prelado nomeou novos párocos para 19 comunidades e designou dois delegados diocesanos, “um para a organização da Jornada Mundial da Juventude de 2022 em Lisboa, João Miguel Costa, e outro ao Congresso Eucarístico Internacional de 2020 em Budapeste, Hungria, o padre Pedro Manuel”.

A diocese vai ter o novo secretariado para o diaconado permanente em que o padre Mário Sousa é o diretor e também os secretariados da animação missionária e da catequese têm novos diretores.

D. Manuel Quintas refere ainda que “a celebração do ano missionário da Igreja em Portugal” (outubro de 2018 a outubro de 2019), congrega a diocese algarvia “precisamente na resposta a este apelo”, predispondo para “um acolhimento renovado da missão confiada por Jesus aos seus discípulos.

Além de já conhecida a nomeação do padre Nuno Coelho como assistente regional do Corpo Nacional de Escutas, o bispo diocesano nomeou também o padre António de Freitas como assistente do Movimento dos Convívios Fraternos e o padre Nelson Rodrigues como assistente do Renovamento Carismático Católico.

SN

 

Partilhar:
Share