Beata é patrona diocesana da Jornada Mundial da Juventude

Foto: Diocese de Viseu

Viseu, 24 out 2022 (Ecclesia) – A Diocese de Viseu apresentou este domingo a igreja de Madre Rita como a ‘igreja JMJ’ diocesana e mobilizou “cerca de 300 jovens de toda a diocese” para a atividade presidida pelo bispo local, D. António Luciano.

Numa nota enviada hoje à Agência ECCLESIA, o Comité Organizador Diocesano (COD) de Viseu para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023 informa que os jovens começaram por “conhecerem melhor” a biografia de Madre Rita Amada de Jesus, a beata viseense é a patrona diocesana para a JMJ.

Rita Amada de Jesus que viveu entre 1848 e 1913, fundou o Instituto Jesus Maria José, foi beatificada a 28 de maio de 2006, em Viseu; nasceu na povoação de Casal Mendinho, na freguesia de Ribafeita (concelho de Viseu) e faleceu a 7 de janeiro de 1913, onde existe uma casa memorial dedicada à sua vida, obra e espiritualidade.

Na apresentação da igreja Madre Rita como ‘Igreja JMJ – Diocese de Viseu’, os jovens participaram num concerto-oração e, no “espírito JMJ” juntaram-se à banda e ao coro para tocar e cantar o hino da jornada.

Depois, cada jovem partilhou uma prece, oração ou testemunho num post-it que colocou na réplica diocesana da Cruz da JMJ e que vão ser “rezadas e meditadas nas reuniões do COD com os COP”.

De seguida, o COD de Viseu realizou um fórum onde respondeu “a todas as dúvidas e anseios da juventude”, e, no final do encontro, o bispo diocesano D. António Luciano desafiou os jovens a continuarem este caminho de preparação para a próxima edição internacional da Jornada Mundial da Juventude, reunindo neste santuário para rezar, principalmente no dia 23 de cada mês.

Esta atividade, preparada pelo Comité Organizador Diocesano de Viseu e pelos COP – Comités Organizadores Paroquiais, foi realizada no mesmo dia em que abriram as inscrições para a JMJ Lisboa 2023, após a inscrição do Papa Francisco como primeiro peregrino do encontro que se vai realizar em Lisboa, de 1 a 6 de agosto de 2023.

CB/OC

 

Lisboa 2023: Papa inscreveu-se na próxima JMJ (c/vídeo)

 

 

 

 

 

 

Partilhar:
Share