Frei Agostinho Marques de Castro assume missão

Fátima, 01 jul 2020 (Ecclesia) – O Comissariado Geral da Ordem do Carmo em Portugal elegeu frei Agostinho Marques de Castro como novo responsável nacional, até 2023, no capítulo trienal que está a decorrer na Casa de São Nuno, em Fátima, até esta quinta-feira.

Um comunicado enviado à Agência ECCLESIA, pelo secretário do capítulo eletivo trienal, informa que foram eleitos e confirmados o novo Comissário Geral (provincial) em Portugal pelo prior geral da Ordem do Carmo, frei Miceál O’Neill,  que acompanhou a eleição por videoconferência.

Também foram eleitos os quatro membros do conselho que vai servir o comissariado nos próximos três anos: frei Ricardo dos Reis Rainho, frei António Monteiro, frei Pedro José Martins Monteiro e frei Fernando Manuel Afonso Araújo.

Frei Agostinho Marques de Castro, que já exerceu no passado a missão de responsável nacional da Ordem do Carmo, nasceu a 9 de setembro de 1974; emitiu profissão solene em 27 e novembro de 1999 e foi ordenado sacerdote a 6 de agosto de 2000.

Atualmente era pároco de Frielas e Santo António dos Cavaleiros, no Patriarcado de Lisboa.

O capítulo da Ordem do Carmo em Portugal começou esta terça-feira e decorre até quinta-feira, na Casa de São Nuno, em Fátima, com o tema ‘Vós sois minhas testemunhas. De uma geração à outra: chamados a ser fiéis ao nosso carisma carmelita’.

Segundo o comunicado, os religiosos vão “discutir e acordar as linhas de força” que hão de orientar a Ordem Carmelita em Portugal nos próximos três anos.

Os Carmelitas chegaram a Portugal como capelães dos Militares de São João de Jerusalém, vindos da Terra Santa, onde defendiam os Lugares Santos e foi-lhes doado o convento construído pelos referidos militares em 1251, em Moura.

Este convento contava, em 1421, com quarenta e dois religiosos. É a partir daqui que os Carmelitas vão irradiar para todo o Portugal e ainda para o Brasil, lê-se no sítio online da Ordem do Carmo.

No dia 8 de dezembro de 1992, os Carmelitas passam a ser Comissariado Geral, por decreto publicado no dia da Imaculada Conceição.

CB/OC

 

Portugal: Novo comissário geral da Ordem do Carmo destacou seis desafios até 2023

Partilhar:
Share