Lisboa, 30 jul 2018 (Ecclesia) – A Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos) em Portugal tem um novo governo provincial, nomeado pelo superior-geral para o triénio 2018-2021.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, os Dehonianos informam que o padre José Agostinho Sousa foi reconduzido como provincial em Portugal pelo novo superior-geral, o padre Carlos Suárez.

O responsável tem um novo conselho provincial constituído por quatro religiosos: o padre José Bernardino Trindade; o padre João Nélio Simões, o padre Pedro Coutinho e o padre Francisco Costa.

O mandato do governo da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus em Portugal vai ter início a 17 de setembro.

“Com fidelidade atenta e caridade fraterna possam exercer este serviço aos irmãos, no respeito pelas nossas Constituições e segundo o exemplo de Cristo, manso e humilde de Coração”, escreveu no decreto de nomeação o padre Carlos Suárez, superior-geral que foi eleito recentemente, no Capítulo Geral dos Dehonianos que se realizou entre 14 e 27 de julho, em Roma.

O padre José Agostinho Sousa foi nomeado como superior provincial para um primeiro triénio na Quinta-feira Santa de 2015; ordenado sacerdote a 2 de agosto de 1992, concluiu o Curso de Teologia na Universidade Católica, em Lisboa, no ano anterior, e nasceu a 1 de fevereiro de 1965, em Alvarenga, Arouca.

CB/OC

Partilhar:
Share