Ocónego Silvestre Marques, diretor do Departamento Sócio-Caritativo da Arquidiocese de Évora, convoca a situação social na região para o “momento de reflexão” que se vive no país, a caminho das legislativas. O sacerdote alude a uma situação “verdadeiramente crítica” e pede atenção para o que designou como “atentados à dignidade humana”.

Partilhar:
Share