D. Manuel Linda visitou acampamento regional que está a decorrer em Ovar

Porto, 02 ago 2018 (Ecclesia) – Os cerca de 3 mil escuteiros que estão acampados na mata do Buçaquinho, em Cortegaça, na região de Ovar, para o 27.º ACAREG da região do Porto, receberam esta terça-feira a visita do seu bispo, D. Manuel Linda

De acordo com um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, o bispo do Porto pelos “campos de todas as secções e partilhou com os jovens a vontade de mudar o mundo”.

Recorde-se que o tema deste ACAREG é ‘Mund@-te-marca o teu mundo”.

“O Mundo muda se nós quisermos, quando nós quisermos e se nós quisermos”, frisou D. Manuel Linda aos escuteiros.

A iniciativa na mata do Buçaquinho, que conta com elementos pertencentes a 63 agrupamentos da Região do Porto, apoiados por perto de 350 membros da organização, vai decorrer até este sábado, dia 04 de agosto.

Para as várias secções, desde os mais novos aos mais velhos, foram preparados diversos desafios, de acordo com o imaginário do acampamento deste ano.

Os Lobitos (entre os 6 e os 10 anos de idade) ficaram a cargo da exploração do continente asiático, num jogo que tem em destaque as aventuras da princesa Mulan, uma personagem bem conhecida das crianças, e o desafio de “pintar o mundo com as cores dos seus sonhos”.

Já aos Exploradores (10 aos 14 anos) coube o continente africano, sob a inspiração de Watari Maathai, a primeira mulher africana a receber o Prémio Nobel da Paz, e com a máxima “agarrar a oportunidade de fazer a diferença”.

Quanto aos Pioneiros (14 aos 18 anos) estão a ter oportunidade de refletir sobre a Europa, baseados na reflexão do chefe João Armando Gonçalves, que liderou até bem recentemente o Comité Mundial do Escutismo.

“Todos podemos ser protagonistas de uma história que se escreva de boas vontades e que se traduzem em ações concretas”, é a frase que norteia os trabalhos desta secção.

Por fim, os Caminheiros (18 aos 22 anos) apontaram ao continente Americano, e têm como inspiração a figura de Barack Obama, ex. presidente dos Estados Unidos da América, e o convite “a assumirem-se como Homem Novo para a um Mundo, a Sonhar, Pensar e Fazer”.

O chefe regional do Porto, Hugo Carvalho, destaca a importância de atividades como esta do ACAREG para o crescimento das crianças e dos jovens.

“É acima de tudo através da vida em campo que somos colocados à prova como escuteiros e neste acampamento queremos assumir com alegria a partilha das noites passadas nas nossas tendas, o trabalho em equipa realizado durante a construção do nosso campo, a entrega e a garra com que enfrentamos os jogos e dinâmicas”, salienta.

Já o chefe de campo, Pedro Silva, explica a mais-valia do imaginário do acampamento, e das atividades desenvolvidas em torno do tema deste ano.

“Neste Acareg pretendemos questionar os jovens em que medida estão dispostos a mudar o Mundo e a deixá-lo um pouco melhor. Sozinhos não conseguiremos mudar o Mundo, mas sabemos que se somarmos um conjunto de pequenas mudanças o Mundo ficará certamente melhor”, complementa.

O encerramento do programa do 27.º Acampamento da Região do Porto está previsto para esta sexta-feira – a viagem de regresso acontece no dia seguinte – com “uma festa intercontinental”, na qual os 3 mil escuteiros presentes terão oportunidade de partilhar tudo o que viveram ao longo destes dias, na mata do Buçaquinho, em Ovar.

JCP

Partilhar:
Share