No total recolheram, por exemplo,  1372 pares de meias, 685 sabonetes, 240 postais e roupa

Bragança, 23 jan 2020 (Ecclesia) – O Serviço Diocesano da Pastoral Penitenciária e a Cáritas Diocesana de Bragança-Miranda fizeram um balanço positivo da campanha ‘Natal na Prisão’ onde recolheram meias e sabonetes para “cerca de 500 reclusos”.

“Foram recolhidos 1372 pares de meias, 685 sabonetes, 145 produtos de higiene (diversos), 240 postais e diversa roupa”, contabilizou o diretor do Serviço Diocesano da Pastoral Penitenciária, Rui Magalhães.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, pelo Secretariado das Comunicações Sociais
da Diocese de Bragança-Miranda, os promotores fizeram “um balanço positivo” da iniciativa solidária para “cerca de 500 reclusos” dos Estabelecimentos Prisionais de Bragança e de Izeda.

“A maior parte dos donativos foram entregues no final das Eucaristias de Natal nos estabelecimentos prisionais, os restantes serão entregues nos estabelecimentos, de acordo com as necessidades que forem surgindo”, desenvolveu Rui Magalhães.

A campanha ‘Natal na Prisão’, do Serviço Diocesano da Pastoral Penitenciária e a Cáritas Diocesana de Bragança-Miranda, apelava à oferta de bens e a de “esperança” às pessoas que “estão privadas de liberdade”.

CB

Partilhar:
Share