Insígnia foi entregue durante o 24.º Acampamento Mundial de Escuteiros

Lisboa, 30 2019 (Ecclesia) – O português João Armando Gonçalves, dirigente do Corpo Nacional de Escutas (CNE), foi distinguindo com o “Lobo de Bronze”, esta segunda-feira, durante o 24.º Acampamento Mundial de Escuteiros – Jamboree 2019.

O dirigente fala num “dia especial”, que viveu com “humildade, gratidão e felicidade”.

A entrega decorreu durante a receção da Comunidade do Escutismo Lusófono (CEL), no Jamboree Mundial.

Na receção foram ainda entregues as medalhas da CEL referentes ao serviço prestado aos países lusófonos, informa a revista ‘Flor de Lis’, do CNE.

Entre os vários galardoados, estavam os portugueses Ivo Faria, chefe Nacional do CNE; Ricardo Matos, secretário Internacional do CNE; e Beatriz Candeias, que trabalha na Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME), na área da Diversidade e Inclusão.

O CNE sublinha que esta é “a mais alta distinção que pode ser atribuída a um adulto voluntário e a única concedida pelo Comité Mundial do Escutismo”.

João Armando Gonçalves presidiu a este comité, entre 2014 e 2017, sendo agora reconhecido o “excelente compromisso e serviço” prestado ao movimento, “a nível regional e mundial”; engenheiro civil e professor no Instituto Politécnico de Coimbra, recebeu a Ordem do Infante D. Henrique, em Portugal.

Ainda no Jamboree 2019, o português Miguel Sousa foi oficialmente o primeiro escuteiro a receber o “prémio de participação”, uma insígnia exclusiva que exige o conhecimento do património escutista, participação em eventos de divulgação ambiental, de diálogo religioso e cultural.

O 24.º Acampamento Mundial de Escuteiros (World Scout Jamboree) decorre de 22 de julho a 2 de agosto, na Virgínia Ocidental, Estados Unidos da América, com 45 mil participantes de 150 países.

O contingente português é constituído por 784 escuteiros.

O Jamboree 2019 celebrou este domingo um dia dedicado à Lusofonia, com 2500 participantes de países de língua portuguesa.

OC

Notícia atualizada às 22h00

Escutismo: Ambiente, diversidade cultural e lusofonia em destaque no Jamboree 2019 (c/vídeo)

 

Partilhar:
Share