Associação profissional agradeceu «colaboração e empenho» de D. Manuel Clemente

Lisboa, 16 jun 2020 (Ecclesia) – A Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP) felicitou o recém-eleito presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. José Ornelas – bispo de Setúbal, e agradeceu a D. Manuel Clemente que desempenhou este serviço nos últimos sete anos.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a associação profissional católica anuncia a sua disponibilidade e “pretensão” de “continuar” a manter uma “colaboração estreita” com a CEP, “em espírito de união com a Igreja, pedindo as suas orações para esta missão da vida cristã”.

D. José Ornelas, bispo de Setúbal, foi eleito na manhã desta terça-feira como presidente da Conferência Episcopal Portuguesa para o triénio 2020/2023, na Assembleia Plenária que está a decorrer em Fátima.

A Associação dos Médicos Católicos Portugueses também agradeceu “toda a colaboração e o empenho” de D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa, que desempenhou esta missão nos últimos sete anos.

D. Manuel Clemente foi eleito presidente interino da CEP em junho de 2013, após a resignação de D. José Policarpo; Foi reeleito no cargo, em abril de 2014 e 2017, concluindo agora o seu segundo mandato completo.

“Registámos com um agrado especial a menção realizada por V. Exa. Rev. à vivacidade dos pronunciamentos com origem em movimentos sociais e profissionais católicos. Estas palavras servem de alento e de estímulo à nossa atividade apostólica”, escreveu a AMCP numa carta enviada hoje ao cardeal-patriarca de Lisboa, no contexto do discurso proferido esta segunda-feira na abertura da reunião dos bispos.

O psiquiatra Pedro Afonso, presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses, assinala que a “missão da Igreja na evangelização do mundo é permanente”, é também “uma missão dos leigos, e em particular das associações católicas, como é o caso da AMCP”.

“Estaremos sempre juntos na oração e na responsabilidade comum de vivermos a nossa fé com um forte sentido de testemunho”, acrescenta.

AMCP foi fundada em 1915, tem âmbito nacional e está organizada regionalmente em núcleos que correspondem às dioceses católicas portuguesas.

CB/OC

 

CEP: “Que sejamos o primeiro sinal da união da Igreja em Portugal e estejamos em diálogo com a sociedade” – Presidente da Conferência Episcopal (c/vídeo)

Partilhar:
Share