São 306 as festas religiosas que se realizam anualmente na Madeira e Porto Santo. Complementadas com arraial registam sempre elevado número de pessoas.

Entre elas destacamos três que são consideradas as maiores da Madeira: Monte, Bom Jesus e Loreto.

É no dia 15 de agosto que a paróquia de Nossa Senhora do Monte no Funchal celebra a sua padroeira com um grande arraial onde à música popular, interpretada com instrumentos de cordas, se aliam muitas tradições, entre elas a espetada, o bolo do caco, os colares de rebuçados, que fazem as delícias de gente das mais díspares idades. E é nessa data que na Madeira se festeja o «dia das sete Senhoras» numa alusão às sete festas em honra de Nossa Senhora com os títulos de Monte, Graça, Guadalupe e Ajuda.

A festa do Bom Jesus na paróquia da Ponta Delgada é assinalada com um grande arraial no primeiro fim-de-semana de setembro. O dia de maior afluência de pessoas é no sábado.

A festa litúrgica do Santíssimo Nome de Jesus, vulgarmente denominada de Bom Jesus, era celebrada no dia 1 de janeiro, mas com a reforma litúrgica no Concílio Vaticano II passou a ser assinalada no dia 3 desse mês. Na Ponta Delgada mantém-se no dia 1 de janeiro.

Também em Setembro, mas no dia 8, realiza-se na Madeira a festa de Nossa Senhora do Loreto na paróquia com essa denominação na freguesia do Arco da Calheta.

Após o interregno motivado pela pandemia os arraiais regressam neste ano e com eles as muitas tradições que os envolvem.

Texto e fotos: Sílvio Mendes

___________
Este artigo faz parte da Edição especial da Agência ECCLESIA “Festas da nossa Terra” publicada em agosto 2022

Partilhar:
Share