«Há um mundo novo a construir», frisou D. João Lavrador nas festas do Divino Espírito Santo em Nova Inglaterra

Fall River, 28 ago 2017 (Ecclesia) – O bispo de Angra, D. João Lavrador, destacou este domingo, nos Estados Unidos da América, a importância dos cristãos açorianos na diáspora se assumirem como exemplos de paz e fraternidade num mundo marcado por vários conflitos.

Numa missa inserida nas festas do Divino Espírito Santo de Nova Inglaterra, em Fall River, onde residem milhares de emigrantes açorianos, D. João Lavrador sublinhou que desafios atuais como “as guerras, a pobreza, a marginalidade, a violência, exclusão, injustiça, solidão, entre outras, reclamam uma nova sabedoria”.

Um novo paradigma de humanidade que “só poderá vir da ação do Espirito Santo e de uma renovação de critérios e valores” que tenham como “fonte e inspiração” Cristo, apontou o responsável católico, citado pelo portal ‘Igreja Açores’.

Para D. João Lavrador, as comunidades cristãs devem participar ativamente na mudança, rumo a uma sociedade “onde não haja desigualdades, injustiças” e que “todas as relações humanas sejam pautadas pelo amor reciproco e na construção da verdadeira paz”.

“Há um novo mundo a construir”, desafiou o bispo de Angra, que pediu aos católicos açorianos de Fall River “compromisso” na vivência da sua fé e um envolvimento “permanente” na ação “evangelizadora” da Igreja Católica.

A festa em honra do Divino Espírito Santo em Nova Inglaterra remonta a 1986 e constitui “o maior evento de religiosidade popular da comunidade açoriana da costa leste dos Estados Unidos da América”, realça o portal ‘Igreja Açores’.

JCP

Partilhar:
Share