Reitora da UCP destaca referência «do direito português e grande paladino da liberdade de educação»

Foto: UCP

Lisboa, 23 set 2022 (Ecclesia) – A Universidade Católica Portuguesa (UCP) acolheu esta quarta-feira a sessão de lançamento da obra ‘António de Sousa Franco e a Liberdade de Educação’, numa iniciativa do Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC).

“É um dia feliz aquele em que numa Universidade não-estatal, livre e autónoma, recorda e celebra uma das figuras maiores do direito português e grande paladino da liberdade de educação: António de Sousa Franco”, disse Isabel Capeloa Gil, reitora da UCP, numa intervenção divulgada pela instituição.

A responsável recordou António de Sousa Franco, falecido em 2004, como alguém que dedicou a sua vida à “defesa inabalável da liberdade de ensino”, pelo que a obra agora publicada “é um importante contributo para um debate em curso, que no ambiente de estatismo dominante é também um combate”.

Com prefácio de António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, o livro reúne textos de Mário Pinto, Jorge Miranda, Marçal Grilo, Guilherme d’Oliveira Martins, Pedro Barbas Homem, e António de Sousa Franco.

Fernando Magalhães, presidente da APEC, recordou o legado deixado pelo autor “em particular no domínio da liberdade de ensinar e de aprender”.

Já o presidente da Comissão Episcopal responsável pela área da Educação, D. António Moiteiro, salientou as reflexões de Sousa Franco, que vê como “pautas de orientação para este campo vasto da educação”.

Segundo o bispo de Aveiro, é necessário “colocar a pessoa no centro de cada processo educativo”.

OC

Educação: Associação Portuguesa de Escolas Católicas promove homenagem a António Sousa Franco

 

 

 

Partilhar:
Share