Projeto «Tempo da Criação» tem o apoio do Papa Francisco

Lisboa, 31 ago 2019 (Ecclesia) – O Papa associou-se à iniciativa ‘Tempo da Criação’, um mês de oração e ação ecuménica em defesa do ambiente que decorre de 1 de setembro a 4 de outubro.

“Depois do mês de julho mais quente de que se tem notícia, é hora de combater as mudanças climáticas enquanto cuidamos do mundo que Deus criou. Podemos fazer isso unindo-nos ao Papa Francisco e à Igreja, de 1 de setembro a 4 de outubro, quando católicos e outros cristãos em todo o mundo celebrarão o Tempo da Criação”, refere a organização do evento.

Este ano, a iniciativa tem como tema “a teia de vida e a forma como cada espécie vegetal e animal revela a glória do Criador”, desenvolvido através de momentos de oração, projetos e ações concretas.

A Santa Sé uniu-se este ano ao Movimento Católico Mundial pelo Clima e à Rede Eclesial Pan-Amazónica, região que este ano vai estar no centro de uma assembleia especial do Sínodo dos Bispos, convocada pelo papa Francisco.

“A iniciativa ecuménica global é uma ótima oportunidade para proteger a nossa casa comum, ser seus guardiães e desenvolver os seus dons”, assinala uma mensagem do Dicastério para a promoção do Desenvolvimento Humano Integral.

‘Tempo da Criação’ é uma iniciativa ecuménica com a participação das Igrejas Católica e Ortodoxa, da Comunhão Anglicana, a Federação Luterana Mundial, o Conselho Mundial das Igrejas e a Aliança Evangélica Mundial.

“À medida que a crise ambiental se aprofunda, nós cristão somos chamados a dar testemunho de nossa fé, tomando medidas ousadas para preservar a dádiva que partilhamos”, assinala a missiva conjunta que apresenta o movimento.

O patriarca ecuménico Bartolomeu (Igreja Ortodoxa), um dos mentores do Dia Mundial da Oração pela Criação, que se assinala a 1 de setembro, afirmou que o aumento das ondas de calor pelo mundo e os extensos incêndios florestais em regiões como a Amazónia mostram que são cada vez mais necessárias “mudanças críticas e proporcionais”  contra as alterações climáticas.

OC

«Laudato si»: Igreja Católica na linha da frente por uma «ecologia integral»

Partilhar:
Share