Pelo 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais da Igreja Católica

Foto: Arquidiocese de Braga

Braga, 26 mai 2022 (Ecclesia) – O Departamento para a Comunicação Social (DACS) da Arquidiocese de Braga reuniu-se com sacerdotes do Arciprestado de Barcelos e representantes da Rádio Barcelos, esta quarta-feira, para debater a mensagem do Papa para o Dia Mundial das Comunicações Sociais 2022.

O DACS informa que esteve com a locutora Rosa Maria, que apresenta os programas ‘Super Manhã’, das 10h00 às 12h00, e ‘Discos Pedidos’, das 14h00 às 16h00, na Rádio Barcelos, onde trabalha desde 1991, no CESM – Centro Espírito Santo e Missão, dos Missionários do Espírito Santo, o antigo Seminário da Silva.

“O locutor é um ser humano, tem sentimentos. Mas quando estou no meu papel de locutora, estou ali para dar força e ânimo às pessoas. Muitas delas passam os dias sozinhas e a única parte do dia em que falam com alguém é quando ligam para a rádio”, explicou Rosa Maria, carinhosamente conhecida por ‘Rosinha’.

A locutora que começou na rádio por “hobbie” assinala que conseguiu formar uma verdadeira comunidade, ou “família”, entre os ouvintes, e já foram possíveis verdadeiros atos de caridade e hospitalidade, como apela o Papa Francisco, através destas interações, como computadores que foram reparados de forma quase imediata ou cadeiras de rodas doadas em casos de urgência.

“Por vezes nem se conhecem uns aos outros, mas como são ouvintes diários, dedicam músicas uns aos outros e preocupam-se verdadeiramente com as outras pessoas. Antes da pandemia, fazíamos um piquenique onde se juntavam todos e era uma festa”, desenvolveu Rosa Maria.

‘Rosinha’, que para além dos programas também se ocupa da discografia, interage com os cantores, editoras, e realiza entrevistas, partilhou a paciência e perseverança que precisa ter em alguns dias.

“Às vezes não estou no meu melhor, quando desligo o telefone até choro, porque também tenho os meus problemas. Mas enquanto estou lá, o meu papel é dar-lhes força e transmitir-lhes esperança. Por isso é que gosto tanto do meu trabalho”, acrescentou a locutora da Rádio Barcelos.

O Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social de Braga informa também que ouviu e agradeceu “todas as sugestões e críticas construtivas” dos sacerdotes do Arciprestado de Barcelos.

O DACS explica que esta iniciativa começou a convite do Arciprestado de Guimarães e pretende que se realize pelos outros arciprestados nos próximos anos, no âmbito do Dia Mundial das Comunicações Sociais da Igreja Católica e das mensagens pontifícias.

“Escutar com o ouvido do coração” é o tema da mensagem do Papa Francisco para o 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais.

Esta terça-feira, a Comissão da Conferência Episcopal Portuguesa para as Comunicações Sociais divulgou uma mensagem dirigida aos profissionais dos media, elogiando o papel do jornalismo “num contexto mundial tão negro e desumano”, marcado pela guerra na Ucrânia.

O Secretariado Nacional das Comunicações Sociais, da Igreja Católica, vai assinalar o Dia Mundial das Comunicações Sociais com alunos e professores da licenciatura e do mestrado em Comunicação Social, da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica, esta sexta-feira, dia 27 de maio, numa sessão entre as 14h00 e as 15h15, em Lisboa.

A celebração do Dia Mundial das Comunicações Sociais foi a única do género a ser instituída pelo Concílio Vaticano II (Decreto ‘Inter Mirifica’, 1963).

CB/OC

 

DMCS2022: Dia Mundial das Comunicações Sociais assinalado na universidade para «dar espaço aos jovens»

Partilhar:
Share