D. Nuno Brás informou sobre o resultado da solidariedade diocesana durante a Quaresma e desafiou os madeirenses contribuir para as obras de beneficiação da casa de retiros do Terreiro da Luta

Lapinha Madeirense

Funchal, 29 nov 2019 (Ecclesia) – O bispo do Funchal divulgou hoje na Mensagem para o Advento o resultado da solidariedade diocesana na Quaresma e disse que o Natal deve proporcionar um encontro com Jesus para não ser “apenas barulho, luzes e música”.

“A todos peço: deixa que Jesus te encontre. Que Ele te encontre onde estás e onde vives: na tua família, no teu trabalho, nos teus tempos livres, na tua paróquia, nos teus momentos de oração”, refere D. Nuno Brás

“Sem este encontro, o ambiente natalício que vamos viver e que prepara a grande festa do Natal pode ser apenas barulho, luzes e música — realidades exteriores que passam. O encontro com Deus, esse permanece e dá consistência à festa exterior”, acrescentou o bispo do Funchal.

Foto Agência ECCLESIA / MC

D. Nuno Brás lembra que a “história do mundo mudou depois deste encontro”, depois de Deus se ter feito homem, em Jesus de Nazaré.

“Conduzido à morte de cruz e sepultado, ressuscitou — quer dizer: tendo vencido a morte, é alguém do presente e não do simples passado. E continua a querer encontrar-se connosco, com todos, a querer passar pelas nossas vidas como fez pelas estradas da Galileia e da Judeia de há 2 mil anos”, afirmou.

Para o bispo do Funchal, o tempo do Advento é para “o encontro de Deus” com cada pessoa, que “continua hoje a ser realidade”.

Na Mensagem para o Advento, o bispo do Funchal informou que a “renúncia da Quaresma” deste ano resultou em 31.121,81 euros, que foram canalizados  para a Venezuela, tendo a diocese enviado 20.121,81 euros à Cáritas Portuguesa para os projetos de ajuda às crianças venezuelanas, e 15.000,00 euros foram entregues à Diocese de San Carlos, na Venezuela, “para apoio de várias obras de acordo com o Bispo local, Mons. Polito Rodriguez Méndez”.

D. Nuno Brás acrescenta que a “renúncia do Advento será endereçada para as obras de beneficiação da casa de retiros do Terreiro da Luta, de forma a que cada vez mais grupos de cristãos ali se disponham a encontrar Jesus”.

PR

Partilhar:
Share