Em terras do Minho, o compasso sai à rua para entrar nas casas e apresentar a Boa Nova neste dia de Ressurreição. Ali acontece a festa: na hospitalidade da mesa posta que convida a comer e a beber, nas portas abertas de quem espera a cruz para receber o Cristo ressuscitado, nos instrumentos que longe se vão ouvindo a anunciar que está próxima a nossa vez.
Tudo isto acontece e hoje se vai repetir a cada casa nas paróquias de Calheiros, no arciprestado de Ponte de Lima, na diocese de Viana do Castelo. O padre Jorge Ramos conta-nos como são vividos estes dias de verdadeira festa e encontro, que este ano recebe, a visita do bispo diocesano, D. Anacleto Oliveira, minhoto há nove anos.

Partilhar:
Share