D. António Augusto Azevedo apela «à responsabilidade e prudência»

Foto 360portugal.com

Vila Real, 13 mar 2020 (Ecclesia) – O bispo de Vila Real restringiu a atividade pastoral na diocese, paróquias e outras instituições, “ao estritamente indispensável, evitando aglomerações de pessoas” como medida de prevenção da “rápida disseminação do Covid-19”, após reflexão no Conselho Presbiteral.

No comunicado enviado à Agência ECCLESIA, D. António Augusto Azevedo apela “à responsabilidade e prudência” de cada pessoa para que “evite comportamentos que possam pôr em risco a sua saúde ou a dos outros” e ao respeito por todas as indicações das autoridades competentes.

O bispo de Vila Real indica que se adiem as celebrações do Sacramento da Penitência e Reconciliação, “com confissão individual para o período imediatamente posterior a esta crise” e as suas visitas pastorais às comunidades também ficam “adiadas para datas a anunciar”.

“Suspender a catequese, as celebrações em lares de idosos e outros lugares de especial vulnerabilidade, e ainda a iniciativa diocesana da peregrinação da imagem da Sagrada Família”, são outras medidas adotadas na diocese que recomenda ainda “algumas precauções nas celebrações de funerais”, como evitar grande afluência de pessoas ou gestos de risco.

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) determinou esta sexta-feira a suspensão da celebração comunitária das Missas, até “ser superada atual situação de emergência”.

A Diocese de Vila manifesta “reconhecimento e incentivo” aos profissionais de saúde, aos cuidadores e a todos os que, “fazendo parte dos vários serviços de saúde, apoio ou socorro”, estão empenhados no difícil combate a esta doença e convida “todos os diocesanos à oração pelos doentes, pelos que estão infetados com este vírus ou padecem doutra doença, e ainda por todos os que já foram vitimados por esta pandemia”.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou hoje o número de casos confirmados, que passou de 78 para 112, dos quais 107 estão internados.

O primeiro-ministro português anunciou na noite desta quinta-feira, 12 de março, o encerramento das escolas, a partir de segunda-feira (16 de março) por causa da pandemia de coronavírus, medida que será reavaliada a 9 de abril.

CB

Covid-19: Conferência Episcopal Portuguesa determina suspensão da celebração comunitária das Missas (c/vídeo)

Partilhar:
Share