Vila Real, 19 Jan 2021 (Ecclesia) – O primeiro bispo de Vila Real, D. João Evangelista de Lima Vidal, foi o tema da primeira conferência do ciclo «Aprofundar as Raízes» que se realizou, esta sexta-feira, através de plataformas digitais e serve para preparar as celebrações do centenário desta diocese de Trás-os-Montes.

A diocese de Vila Real, no horizonte da celebração do centenário da sua criação, que ocorre a 20 de abril de 2022, realiza, neste ano preparatório, uma série de conferências sob o lema «Aprofundar as Raízes», refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O atual bispo, D. António Augusto de Azevedo, abriu este ciclo de conferências apresentando-as como um “revisitar” das figuras, acontecimentos significativos, instituições e dinamismos que marcaram este século de vida da diocese de Vila Real.

Esta iniciativa não é “apenas um exercício de memória para as gerações mais velhas nem de mero conhecimento histórico necessário para as gerações mais novas, mas de uma tomada de consciência comum das nossas raízes que nos unem e nos trouxeram ao presente daquilo que somos e vivemos”, disse.

A investigadora Cláudia Pires apresentou a vida e a obra de D. João Evangelista, primeiro bispo da Diocese, estruturando a conferência em três momentos: a pessoa e o pastor, o bispo missionário e o projeto pastoral.

A Diocese de Vila Real colocou on-line a conferência proferida por Cláudia Pires.

No próximo dia 12 de fevereiro, sexta-feira, às 21h00, será a segunda conferência deste ciclo “Aprofundar as Raízes”, desta vez sobre o segundo bispo de Vila Real, D. António Valente da Fonseca.

LFS

 

Partilhar:
Share