Arcebispo de Braga presidiu à celebração e convidou padres a renovar a fraternidade sacerdotal

Foto: Diocese de Viana do Castelo

Viana do Castelo, 09 nov 2020 (Ecclesia) – A Diocese de Viana do Castelo celebrou este domingo a ordenação presbiteral do padre Paulo Alves, no final da Semana da Diocese e encerramento da Semana dos Seminários, numa celebração presidida pelo arcebispo de Braga.

“Caríssimo Paulo Alves, procura que a tua vida percorra os caminhos da responsabilidade pessoal, mas sempre em comunhão fraterna”, disse D. Jorge Ortiga ao novo sacerdote.

Numa informação enviada à Agência ECCLESIA, a Diocese de Viana do Castelo contextualiza que D. Jorge Ortiga, responsável pela província eclesiástica em que se insere a diocese do Alto Minho, presidiu à cerimónia “dada a sede vacante motivada pela recente morte de D. Anacleto Oliveira”.

Na homilia, o arcebispo de Braga recordou o início do seu ministério, quando sonhava com uma Igreja-Comunhão na sequência do Concílio Vaticano II, uma Igreja que seria igualmente vivida através da comunhão entre os presbíteros.

“A íntima fraternidade sacerdotal, querida pelo concílio, é a premissa das premissas de uma pastoral para os dias de hoje (…) num mundo fortemente dividido, apesar da globalização, só este testemunho dos sacerdotes mostrará a credibilidade da Igreja”, desenvolveu.

D. Jorge Ortiga convidou os presbíteros presentes a renovar a fraternidade sacerdotal e explicou que “as vidas entrecruzaram-se em gestos de visível doação e entrega mútua”.

“Nada era estranho. Tudo se partilhava e vivia em comum. Era uma verdadeira experiência de Igreja sinodal”, recordou o arcebispo de Braga e responsável pela província eclesiástica em que se insere a Diocese de Viana do Castelo.

Foto: Diocese de Viana do Castelo

O padre Paulo Alves foi ordenado na igreja Paroquial de S. Tomé da Correlhã, a sua terra natal no Arciprestado de Ponte de Lima, e a celebração contou com a presença de vários membros do presbitério e das diversas comunidades que acompanharam o seu percurso.

Na celebração, o administrador diocesano de Viana do Castelo, monsenhor Sebastião Pires Ferreira, lembrou que o bispo D. Anacleto Oliveira, falecido em setembro, “iniciou e quase conclui o processo de ordenação” de Paulo Alves.

“Foi ele que ordenou o padre Paulo diácono, que o crismou, e acompanhou em todo o seu percurso no seminário”, salientou.

A Diocese de Viana do Castelo informa que o administrador diocesano agradeceu particularmente à comunidade de S. Tomé da Correlhã, à comunidade de S. Martinho de Outeiro e de S. Miguel de Perre, onde fez estágio pastoral, e à comunidade de Nossa Senhora de Fátima onde está já a viver o seu ministério.

A nova ordenação presbiteral na Igreja Católica no Alto Minho encerrou a ‘Semana da Diocese’, no 43.º aniversário da sua criação, e a ‘Semana dos Seminários 2020’.

CB/OC

Partilhar:
Share