Presidente da República assina texto por duplo aniversário: 10 anos em Viana e 50 anos de padre

Agência Ecclesia/MC

Viana do Castelo, 14 ago 2020 (Ecclesia) – O Presidente da República sublinhou as capacidades humanas, pastorais e intelectuais de D. Anacleto Oliveira que completa hoje 10 anos na diocese de Viana do Castelo e amanhã 50 anos de padre.

“Conhecimento, disponibilidade e serviço são exigências do múnus sacerdotal, e, por maioria de razão, episcopal. E os vianenses bem sabem da alegria de poder contar com um Bispo disponível no contacto pastoral e humano que é ao mesmo tempo um intelectual da Igreja, que integrou a equipa que traduziu a Nova Bíblia dos Capuchinhos e que actualmente preside à Comissão Episcopal de Liturgia”, escreve Marcelo Rebelo de Sousa, num texto publicado na edição do jornal «Notícias de Viana», enviado à Agência ECCLESIA.

Neste duplo aniversário o Presidente da República recorda um “notável percurso”, nascido na diocese de Leiria – Fátima, que passou por Lisboa, “onde frequentou o Seminário” e onde foi bispo auxiliar, evidenciando capacidade académicas, na Universidade Católica Portuguesa, na Universidade Gregoriana e no Instituto Bíblico, em Roma, e na Universidade de Münster, “cidade onde se doutorou e onde exerceu igualmente funções de capelão dos emigrantes portugueses”.

“Um Bispo não tem um currículo, tem uma missão: servir a Igreja e as comunidades cristãs, em diálogo com a sociedade. A ousada divisa episcopal de D. Anacleto, «Escravo de Todos», pode soar estranha aos nossos ouvidos, até nos lembrarmos das palavras do Apóstolo Paulo: «Pois, sendo livre de todos, fiz-me escravo de todos para ganhar o maior número»”, sublinha.

O Presidente da República manifesta as suas felicitações a D. Anacleto Oliveira, estendo os cumprimentos aos “aos católicos de Viana do Castelo” que saúda.

LS

Partilhar:
Share