10.ª edição do evento vai decorrer em Roma entre 23 e 27 de junho de 2021

Foto: O Papa Francisco no Encontro Mundial de Famílias em 2018, na Irlanda

Cidade do Vaticano, 17 mai 2019 (Ecclesia) – O Vaticano anunciou hoje o tema do 10.º Encontro Mundial de Famílias, que vai ter lugar em Roma entre os dias 23 e 27 de junho de 2021.

De acordo com um comunicado do Dicastério para os Leigos, Família e Vida, publicado hoje pela sala de imprensa da Santa Sé, a iniciativa será subordinada ao tema ‘O amor familiar: vocação e caminho de santidade’.

“No quinto aniversário da exortação apostólica ‘A alegria do amor’ e três anos depois da publicação da exortação apostólica ‘Alegrai-vos e exultai’, este encontro quer destacar a importância do amor familiar como vocação e caminho de santidade, para compreender e partilhar o sentido profundo e salvífico das relações familiares na vida quotidiana”, pode ler-se.

O referido Dicastério do Vaticano sublinha que “o amor conjugal e familiar manifesta, de facto, o dom precioso da vida em comum, alimentando a comunhão e prevenindo a cultura do individualismo, do consumo e do descarte”.

“A experiência estética do amor expressa-se num olhar que contempla o outro como um fim em si mesmo, e ao mesmo tempo, reconhece a outra pessoa na sua sagrada identidade familiar, como marido, mulher, pai, mãe, filho, filha ou avô e avó”, refere a mesma fonte, que retoma as reflexões deixadas pelo Papa Francisco nas duas referidas exortações.

O setor do Vaticano dedicado aos Leigos, Família e Vida  aponta ainda que “ao dar forma à experiência concreta do amor, o matrimónio e a família manifestam o tesouro que são todas as relações humanas, na partilha das alegrias e das tristezas, na vivência do dia-a-dia, orientando as pessoas para o encontro com Deus”.

Um “caminho” que, “quando é vivido com fidelidade e perseverança, reforça o amor e promove a vocação à santidade, que está presente em cada pessoa e se concretiza nas relações conjugais e familiares”.

“Neste sentido, a vida familiar cristã é vocação e caminho de santidade”, e expressão do “rosto mais belo da Igreja”, destaca o Dicastério para os Leigos, Família e Vida, na nota dedicada ao próximo Encontro Mundial de Famílias, em 2021.

O último Encontro Mundial de Famílias teve lugar há cerca de um ano em Dublin, capital da Irlanda.

“Jesus encarnou no nosso mundo por meio duma família, e em cada geração, através do testemunho das famílias cristãs, tem o poder de romper todas as barreiras para reconciliar o mundo com Deus e fazer de nós aquilo que desde sempre estamos destinados a ser: uma única família humana que vive conjuntamente na justiça, na santidade e na paz”, disse na altura o Papa Francisco.

Em 2018 a celebração de encerramento do evento, presidida pelo Papa Francisco em Phoenix Park, contou com a participação de cerca de 500 mil pessoas, provenientes de mais de uma centena de países, incluindo Portugal.

JCP

Partilhar:
Share