Conferência Episcopal e comitiva dos Açores acompanham D. José Avelino Bettencourt, novo núncio apostólico na Arménia e na Geórgia

Lisboa, 19 mar 2018 (Ecclesia) – O Papa Francisco preside hoje à ordenação episcopal de D. José Avelino Bettencourt, prelado luso-canadiano que nomeou como novo núncio apostólico na Arménia e na Geórgia.

A celebração, na Basílica de São Pedro, é acompanha por uma comitiva açoriana, com a presença do vigário-geral da Diocese de Angra, Cónego Hélder Fonseca Mendes.

Presentes estarão igualmente os padres Adriano Borges, Hélio Soares, Sérgio Mendonça, Bruno Espínola e Dinis Silveira.

O portal diocesano ‘Igreja Açores’ informa que, depois da ordenação, D. José Avelino Bettencourt se vai deslocar ao arquipélago, onde nasceu; o prelado é cónego honorário da Sé de Angra.

O bispo de Angra diz que se trata de um dia especial para a diocese, dada a relação “muito profunda e o carinho que D. José Bettencourt tem revelado pelos Açores”

“Aqui nasceu; como padre foi tornado cónego, é por isso uma relação muito forte”, referiu D. João Lavrador em declarações ao ‘Igreja Açores’.

“Estou certo de que esta ordenação se deve à sua generosidade, a capacidade intelectual, à sua fé,  amor, carinho e dedicação à Igreja” referiu ainda.

O Conselho Permanente da CEP congratulou-se, após a sua reunião mensal de março, com esta ordenação e com a nomeação do prelado luso-canadiano como representante diplomático do Papa.

A Conferência Episcopal Portuguesa faz-se representar pelo seu vice-presidente, D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, informou à Agência ECCLESIA o organismo episcopal.

O anúncio da nomeação como arcebispo aconteceu a 26 de fevereiro, tendo-se seguido as designações como núncio na Arménia (1 de março) e na Geórgia (8 de março).

D. José Avelino Bettencourt, de 55 anos, era chefe de protocolo da Secretaria de Estado do Vaticano, desde 2012.

Em declarações à Agência ECCLESIA, o responsável agradeceu a “grande confiança” do Papa e sublinha a “proximidade” de Francisco, neste seu percurso, que o vai levar a servir populações de outras nações.

“Sinto-me muito honrado pela confiança que o Santo Padre depositou em mim. O núncio apostólico tem um papel de servir o Papa, a unidade, o povo, de ser voz daqueles que não têm voz: basta pensar na síria, no Congo ou no Sudão. Muitas vezes a Igreja consegue dar voz àqueles que não têm voz”, assinalou.

A ordenação episcopal vai acontecer na solenidade de São José, com presidência do Papa Francisco, no dia em que assinalam 5 anos do início oficial do seu pontificado.

O Papa atribuiu ao arcebispo, simbolicamente, a titularidade da antiga diocese de Cittanova, no território da Croácia.

O novo núncio mostra “muita vontade de ir ao encontro de outros povos e servir a Igreja”.

“Eu abracei o cargo que me foi dado há cinco anos e meio e continuo a abraçar a missão que é posta à minha frente, é o que dá sentido à vida de sacerdote, ao serviço à Igreja. E eu tenho trabalhado com o coração e de boa vontade”, referiu D. José Avelino Bettencourt.

O novo arcebispo confessa que, no início da sua vida sacerdotal, “nunca teria imaginado” este percurso, no corpo diplomático, “uma outra realidade que está ao serviço da Igreja”.

D. José Avelino Bettencourt, diplomata de carreira da Santa Sé, é natural dos Açores, tendo acompanhado a sua família que emigrou para o Canadá, onde foi ordenado padre em 1993, fazendo parte do presbitério de Otava.

O sacerdote frequentou a Academia Eclesiástica em Roma, tendo-se formado em Direito Canónico, e entrou no serviço diplomático da Santa Sé em 1999.

Depois de ter trabalhado na representação diplomática da Santa Sé na República Democrática do Congo, D. José Bettencourt passou à secção para as relações com os Estados, do Vaticano.

Em 2013, D. José Bettencourt foi condecorado pelo presidente Aníbal Cavaco Silva com a Comenda da Ordem Militar de Cristo.

O Papa vai ordenar ainda como bispos D. Waldemar Stanislaw Sommertag, da Polónia, novo núncio na Nicarágua; e D. Alfred Xuereb, de Malta, novo núncio na Coreia e Mongólia.

OC

Partilhar:
Share