Francisco envia mensagem às Obras Missionárias Pontifícias , que se preparam para a beatificação de Paulina Jaricot

Foto: Vatican Media

Cidade do Vaticano, 16 mai 2022 (Ecclesia) – O Papa referiu, numa mensagem divulgada hoje pelo Vaticano, que a dimensão missionária é “fundamental” para a Igreja Católica.

“O impulso evangelizador nunca desapareceu na Igreja e permanece sempre como o seu dinamismo fundamental”, indica Francisco, em texto endereçado à Assembleia Geral das Obras Missionárias Pontifícias, que se preparam para a beatificação de Paulina Jaricot, francesa, fundadora da Obra para a Propagação da Fé.

A mensagem realça que, na reforma da Cúria Romana, foi criado um Dicastério da Evangelização, que assume um “papel especial” na estrutura central de governo da Igreja Católica, “para favorecer a conversão missionária da Igreja, que não é proselitismo, mas testemunho”.

“Sair de si mesmo anunciar com a vida o amor livre e salvífico de Deus por nós, todos chamados a ser irmãos”, acrescentou.

O encontro das Obras Missionárias Pontifícias  decorre em Lyon, França, entre hoje e 23 de maio.

“Há 200 anos, uma jovem de 23 anos, Pauline Marie Jaricot, teve a coragem de fundar uma obra para apoiar a atividade missionária da Igreja”, destacou Francisco, apelando a uma “conversão missionária”.

Francisco destacou a importância da oração e da caridade para levar por diante a ação missionária da Igreja Católica, agradecendo ainda “os donativos de tanta gente simples” para este fim.

OC

Portugal: Diretor das Obras Missionárias Pontifícias recorda fundadora da Obra da Propagação da Fé

Partilhar:
Share