Francisco sublinha importância da santidade na vida diária

Cidade do Vaticano, 15 nov 2021 (Ecclesia) – O Papa recebeu hoje os participantes no Capítulo Geral da Ordem Franciscana Secular (OFS), numa audiência no Vaticano, destacando a importância da santidade na vida diária.

“Abrir o coração a Deus! Abrir o coração a Cristo, vivendo no meio das pessoas comuns, ao estilo de São Francisco. Como Francisco era um ‘espelho de Cristo’, assim também vocês podem tornar-se ‘espelhos de Cristo’”, disse, numa intervenção divulgada pelos serviços de informação da Santa Sé.

A intervenção destacou a vida destes homens e mulheres, que seguem o carisma franciscano.

“Com esta identidade franciscana e secular, fazem parte da Igreja em saída”, apontou Francisco, primeiro pontífice a escolher este nome na história.

O vosso lugar favorito é estar no meio do povo, e ali, como leigos – celibatários ou casados -, sacerdotes e bispos, cada um de acordo com a sua vocação específica, dar testemunho de Jesus com uma vida simples, sem pretensões, sempre felizes por seguir Cristo pobre e crucificado, como fizeram São Francisco e tantos homens e mulheres da sua Ordem”.

O discurso sublinhou o chamamento à santidade, para todos os católicos, que implica uma conversão do coração, “atraído, conquistado e transformado por Aquele que é o único Santo”, pedindo que os membros da OFS “não se esqueçam nunca dos pobres, que são a carne de Cristo”.

“Que a secularidade seja cheia de proximidade, compaixão e ternura. Sejam homens e mulheres de esperança, comprometidos em vivê-la e também em ‘organizá-la’, traduzindo-a nas situações concretas de cada dia, nas relações humanas, no compromisso social e político”, apontou.

A OFS é, na Igreja, uma associação pública de fiéis, presente em 72 países com cerca de 430 mil professos, com forma de vida, chamada Regra, e estatutos aprovados pela Santa Sé; articula-se em fraternidades, de âmbito local, regional, nacional e internacional.

OC

Partilhar:
Share