Francisco aponta ao início do tempo do Advento, no próximo domingo

Cidade do Vaticano, 25 nov 2020 (Ecclesia) – O Papa convidou hoje os católicos de todo o mundo a preparar o Natal com esperança, em “tempos difíceis”, numa referência à crise provocada pela pandemia.

“A Igreja vai entrar este domingo no tempo do Advento. Acompanhados pela Mãe de Jesus no caminho para o Natal, nestes tempos difíceis para muitos, saibamos reencontrar a grande esperança e alegria que nos são oferecidas na vinda do Filho de Deus”, disse, durante a audiência geral que decorreu na biblioteca do Palácio Apostólico, com transmissão online.

Nas saudações aos ouvintes, em várias línguas, Francisco destacou o início do novo ano litúrgico no calendário católico, com as quatro semanas do Advento, “que ajuda a preparar o Natal”.

“Convido-vos a dedicar tempo à oração, meditando à luz da Palavra de Deus, para que o Espírito Santo que nela habita ilumine o caminho a seguir e transforme o coração, na espera do nascimento de Nosso Senhor Jesus”, declarou.

O Papa deixou votos de que este percurso possa “dissipar as trevas” dos corações e enchê-los de “esperança e de paz”.

A catequese semanal foi dedicada à importância da oração na primeira comunidade cristã, onde Francisco identificou “quatro caraterísticas essenciais da vida eclesial”: ouvir o ensinamento dos apóstolos, salvaguardar a comunhão recíproca, partir o pão e a oração.

A intervenção apresentou quatro “coordenadas” para verificar se a vida das comunidades católicas é, efetivamente, vida da Igreja: pregação, caridade, vida eucarística e oração.

“O que não entra nestas coordenadas está privado de eclesialidade”, advertiu o pontífice.

O Papa sublinhou que a Igreja não é uma “sociedade humana, partido político”, que age à luz de maiorias ou minorias.

“Se falta o Espírito, não há Igreja”, observou.

Francisco confessou tristeza quando vê comunidades que vivem “em reuniões, como se fossem um partido político”, sem “oração, amor comunitário, Eucaristia”.

“O poderoso motor da evangelização são as reuniões de oração, onde os participantes experimentam diretamente a presença de Jesus e são tocados pelo Espírito”, apontou.

OC

Igreja/Portugal: Conferência Episcopal divulga mensagem de preparação para o Natal, pedindo atenção aos pobres

 

Partilhar:
Share