Porta-voz indica que vários processos sobre nomeações episcopais estão em curso

Foto: AsiaNews/Chinacatholic

Cidade do Vaticano, 24 nov 2020 (Ecclesia) – O porta-voz do Vaticano informou hoje a ordenação de terceiro bispo na China, na sequência do acordo assinado com Pequim em 2018 e renovado no último dia 22 de outubro

“Posso confirmar que o rev. Tommaso Chen Tianhao é o terceiro bispo nomeado e ordenado no quadro do acordo provisório entre a Santa Sé e a República Popular da China sobre a nomeação de bispos”, indica Matteo Bruni, numa nota aos jornalistas.

O diretor da sala de imprensa da Santa Sé adianta que “também se preveem, certamente, outras ordenações episcopais no futuro, porque vários processos sobre nomeações episcopais estão em curso”.

D. Thomas Chen Tianhao, 58, novo bispo de Qingdao (Xantum, costa leste do país), foi ordenado esta terça-feira, numa cerimónia presidida pelo responsável da Associação Patriótica Católica nacional da China, D. Fan Xingyao, relata a agência especializada ‘AsiaNews’.

O responsável é visto como uma figura próxima de Pequim, no que respeita à política religiosa do regime chinês.

OC

China: Vaticano e Pequim anunciam renovação de acordo sobre nomeação de bispos

Partilhar:
Share