Recurso ao mundo digital, em projetos como o «Click To Pray», foi destacado no encontro com Francisco

 

Cidade do Vaticano, 28 jun 2019 (Ecclesia) – O Papa assinalou hoje os 175 anos do Apostolado da Oração, saudando o exemplo português que tem aproximado gerações, com recurso ao mundo digital.

“É necessário que a missão da Igreja se adapte aos tempos e use as ferramentas modernas, que a técnica disponibiliza. Trata-se de entrar nos areópagos modernos para anunciar a misericórdia e a bondade de Deus”, declarou, perante milhares de pessoas reunidas no auditório Paulo VI.

Francisco falava após ter ouvido o padre António Valério, diretor nacional da Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal.

O pontífice sublinhou a importância de ajudar crianças e jovens a rezar, porque “a oração é um grande caminho para avançar na vida”.

“Obrigado pelo testemunho do padre António. Ele contou-nos como o Apostolado da Oração, entrando no mundo digital, aproxima idosos e jovens, ajudando-os a dar nova vitalidade ao tradicional Apostolado de Oração”, referiu.

Perante 52 delegações de todo o mundo, incluindo Portugal, o Papa recomendou “cuidado” no uso destes meios, “especialmente a Internet”, sem se tornar “escravos” dos mesmos.

“Devemos evitar tornar-nos reféns de uma rede que nos prende, em vez de ‘pescar’, isto é, atrair almas para trazê-las ao Senhor”, precisou.

As celebrações, que se prolongam pelo dia 29 de junho, compreendem os 175 anos do Apostolado da Oração, que inclui o Movimento Eucarístico Juvenil (MEJ), e os 10 anos do seu processo de recriação, que resultou na atual Rede Mundial de Oração do Papa, ligada à Companhia de Jesus (Jesuítas).

“O coração da missão da Igreja é a oração”, declarou Francisco.

O padre António Valério assinalou, na sua intervenção perante o Papa, que o Apostolado da Oração entrou em Portugal em 1864, ocupando um “lugar importantíssimo” na vida dos católicos.

“O Amor ao Coração de Cristo e à Eucaristia, a oração pelas suas intenções, fazem parte do tecido caraterístico da piedade popular portuguesa. Move-nos a preocupação de unir a sabedoria dos mais velhos e a vitalidade dos mais novos, dentro da vida da Igreja”, referiu.

O diretor nacional da Rede Mundial de Oração do Papa em Portugal destacou o “processo de recriação” deste organismo.

A sua difusão, também através dos meios digitais, tem permitido integrar pessoas mais novas, motivadas para a missão da sua Rede Mundial de Oração. Muitos jovens, através das plataformas digitais que propomos – Passo-a-Rezar; Click To Pray; Vídeo do Papa –, têm descoberto a vida de oração e aberto o coração aos grandes desafios do mundo e da missão da Igreja”.

O padre António Valério concluiu a sua intervenção com uma referência à oração pelo Papa: “Santo Padre, rezamos por si a Nossa Senhora de Fátima”.

A 20 de janeiro deste ano, o Papa recomendou no Vaticano que os jovens católicos descarreguem a ‘app’ de origem portuguesa ‘Click to Pray’, como uma ajuda na sua oração, em ligação à Igreja em todo o mundo.

O ‘Click To Pray’ é uma proposta de oração diária, com três momentos – manhã, tarde e noite, e a plataforma digital está disponível em vários formatos desde um sítio na internet, aplicações móveis (apps), redes sociais.

A plataforma, criada pelo Apostolado de Oração em Portugal, instituição ligada aos jesuítas, foi apresentada na ‘Web Summit’ de 2017, em Lisboa.

Durante o encontro de hoje, no auditório Paulo VI, foi apresentado um novo projeto global, chamado “O Caminho do Coração”, que consta de um site web e uma aplicação móvel.

Além do padre António Valério, cinco participantes de diferentes países testemunharam ao Papa a importância que esta Rede Mundial de Oração assume nas suas vidas.

Para sábado, está marcada uma reunião dos diretores e coordenadores nacionais da Rede Mundial de Oração do Papa; o encerramento do evento comemorativo do 175.º aniversário acontece de tarde, com o encontro dos jovens, monitores e animadores do Movimento Eucarístico Juvenil, na Capela da ‘Universidade Sapienza’, Roma.

A delegação portuguesa é constituída por 160 peregrinos.

OC

A Rede Mundial de Oração do Papa é um serviço pontifício confiado à Companhia de Jesus, com um diretor mundial nomeado pelo Papa; tem como missão sensibilizar e mobilizar os cristãos para os desafios do mundo e da missão da Igreja que o pontífice expressa nas suas intenções mensais de oração.

 

Partilhar:
Share