Papa assinala Dia Internacional da Mulher com homenagem a construtoras da paz

Cidade do Vaticano, 08 mar 2019 (Ecclesia) – O Papa Francisco quis assinalar hoje, no Vaticano, o Dia Internacional da Mulher, num discurso em que prestou homenagem a todas as construtoras de paz no mundo.

“Se nos preocupamos com o futuro, se sonharmos com um futuro de paz, precisamos de dar espaço às mulheres”, declarou, durante uma audiência com membros do ‘American Jewish Committee’.

A respeito da celebração do 8 de março, Francisco assinalou o “contributo insubstituível das mulheres na construção de um mundo que seja uma casa para todos”.

As mulheres tornam o mundo bonito, protegem-no e mantêm-no vivo. Eles trazem a graça da renovação, o abraço da inclusão e a coragem de doar-se. A paz é mulher, nasce e renasce da ternura das mães. Assim, o sonho da paz torna-se realidade quando olhamos para as mulheres”.

A intervenção evocou o relato do Génesis, primeiro livro da Bíblia, a respeito da criação do ser humano.

“As mulheres têm a sua origem junto de um coração e de um sonho; trazem ao mundo o sonho do amor”, assinalou o pontífice.

O tema para o Dia Internacional da Mulher 2019 é tema “Pensemos em Igualdade, construção com inteligência e inovação para a mudança”.

Martina Liebsch, da confederação internacional da Cáritas, refere ao portal ‘Vatican News’ que a organização católica está a desenvolver projetos globais dedicados às mulheres, como o trabalho na Índia, com a casta Dalit -uma das mais marginalizadas; com as pescadoras, na América Central; ou projetos sobre o direito à alimentação, nas Comores.

“Uma vez apoiadas, as mulheres desenvolvem uma força incrível para lidar com questões difíceis; por isso, na minha opinião, também devemos envolver os homens para falar sobre a situação das mulheres”, sustenta.

A responsável manifesta particular preocupação com a situação das mulheres da Venezuela, face à crise política e económica que afeta o país sul-americano.

OC

 

Queremos que os objectivos para a Igualdade de Género e empoderamento de todas as mulheres e raparigas não sejam um…

Publicado por Caritas Portuguesa em Sexta-feira, 8 de março de 2019

Partilhar:
Share