Cidade do Vaticano, 30 set 2019 (Ecclesia) – O cardeal William Levada, prefeito emérito da Congregação para a Doutrina da Fé, faleceu na noite de quinta-feira, em Roma, aos 83 anos de idade.

A suas exéquias foram presididas na Basílica de São Pedro pelo cardeal Tarcisio Bertone, junto com os cardeais, arcebispos e bispos, esta sexta-feira; no final da celebração eucarística, como tem sido tradição, o Papa Francisco presidiu aos ritos conclusivos.

Nascido em Long Beach, Arquidiocese de Los Angeles (EUA), o falecido cardeal era descendente de emigrantes açorianos; após ser ordenado sacerdote na Basílica de São Pedro em 20 de dezembro de 1961, trabalhou na sua diocese de origem e na Santa Sé, sendo nomeado bispo auxiliar de Los Angeles por São João Paulo II, a 25 de março de 1983; passou depois pelas Arquidioceses de Portland e São Francisco.

A 13 de maio de 2005, Bento XVI nomeou-o prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé (Santa Sé), cargo que desempenhou até julho de 2012.

Com a morte do cardeal Levada, o Colégio Cardinalício é agora composto por 212 elementos, dos quais 118 eleitores e 94 não eleitores (cardeais com mais de 80 anos de idade).

OC

Partilhar:
Share