Obra Nacional participa em encontro que quer «valorizar segmento de mercado cada vez mais exigente»

Foto: Turismo do Norte

Lisboa, 19 jun 2021 (Ecclesia) – A Obra Nacional da Pastoral do Turismo vai participar no Seminário Internacional realizado no âmbito do IX Workshops Internacionais de Turismo Religioso, com a apresentação de um trabalho as peregrinações e o turismo religioso em Portugal.

“Margarida Franca, vogal da Obra Nacional de Turismo de Portugal e membro do CITER – Centro de Investigação em Teologia e Estudos da Religião da Universidade Católica Portuguesa, apresenta, no próximo dia 24 de junho, o trabalho «Repercussões da COVID-19 nas vivências e práticas religiosas em Portugal, com implicações na peregrinação e turismo religioso: estudo exploratório»”, apresenta um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

Este seminário integra-se nos IX Workshops Internacionais de Turismo Religioso, dinamizados pela ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, e decorrer nos dias 24 e 25 de junho.

O estudo nacional que vai ser apresentado, e posteriormente publicado, “procura evidenciar os impactos do confinamento numa das práticas religiosas mais assinaláveis no contexto nacional: as peregrinações ao Santuário de Fátima que viu diminuir entre 2019 e 2020, em mais de 70%, o número de peregrinos, com efeitos em termos de prática religiosa, mas também noutros contextos mais alargados (sociais, culturais e económicos)”.

Destinados a operadores turísticos nacionais, agentes de viagem e hoteleiros, entre outros empresários do setor do turismo, especialmente vocacionados para o Turismo Religioso, os workshops procuram abordar temas ligados “ao turismo religioso, um segmento de mercado cada vez mais exigente”, destaca a organização no comunicado.

“A vertente espiritual na procura do encontro consigo próprio é, cada vez mais, motivação de crentes e não crentes que buscam um certo recolhimento. Os turistas religiosos querem beber da história e simbologia que os destinos carregam. Estas viagens são para todas as idades e incluem variadas motivações que não apenas as especificamente religiosas”, explicam os organizadores.

As festas religiosas bem como “ a qualidade e diversidade dos templos”, em Portugal são motivo de atração de muitos visitantes, “movidos pela fé ou imbuídos de uma espiritualidade de raiz mais universal”.

O encontro quer também “promover internacionalmente Portugal enquanto destino privilegiado de Turismo Religioso e reforçar a importância do Turismo Religioso no contexto do setor turístico mundial”, indica ainda o comunicado.

O Seminário decorre online e pode ser acompanhado em https://www.iert.pt/pt, a partir das 15h, do dia 24 de junho.

LS

Partilhar:
Share