Coordenada pelo bispo auxiliar D. Américo Aguiar, é composta por especialistas nas áreas de psicologia, psiquiatria, justiça civil e canónica e comunicação social

Foto Agência ECCLESIA/MC – D. Manuel Clemente

Lisboa, 12 abr 2019 (Ecclesia) – O cardeal-patriarca de Lisboa criou hoje uma Comissão para a Proteção de Menores na diocese, coordenada pelo bispo auxiliar D. Américo Aguiar e composta por especialistas nas áreas de “psicologia, psiquiatria, justiça civil e canónica e comunicação social”.

Para além de D. Américo Aguiar, integram a comissão Álvaro Ferreira Bizarro, Francisco Maria Correia de Oliveira Pereira, José Adriano Machado Souto de Moura, José Alberto Campos Braz, Pedro Luís de Assis Pacheco Strecht Ribeiro, Rute Sandra Guerreiro Agulhas, Teresa Isabel de Almeida Figueiredo Canotilho, Vitor Viegas Cotovio.

De acordo com o decreto de nomeação enviado à Agência ECCLESIA, D. Manuel Clemente deseja que o trabalho desta comissão, que realizou hoje a primeira reunião,  promova a existência de “espaços de convivência feliz e segura para todos” na Igreja Católica, “especialmente para os menores e os mais frágeis”.

“As comunidades e instituições católicas da Diocese, como as da Igreja em geral, devem ser espaços de convivência feliz e segura para todos, especialmente para os menores e os mais frágeis”, afirma o cardeal-patriarca de Lisboa.

“Para colaborar neste sentido, prevenindo e superando tudo o que o contrarie, crio no Patriarcado de Lisboa uma Comissão para a Proteção de Menores, composta por pessoas com experiência nas áreas da psicologia, psiquiatria, justiça civil e canónica e comunicação social”, acrescenta D. Manuel Clemente.

O decreto de nomeação acrescenta que a comissão “seguirá a legislação civil e canónica, bem como as orientações da Santa Sé e da Conferência Episcopal Portuguesa”.

PR

Partilhar:
Share