Numa audiência, este sábado, a membros da Associação Italiana de Químicos do Couro

Cidade do Vaticano, 29 Jan 2022 (Ecclesia) – O Papa Francisco disse, este sábado, que a pandemia “agravou” situações difíceis para muitos trabalhadores, mas “não se torna uma desculpa” para justificar omissões na justiça e na segurança no trabalho.

Numa audiência na Sala Clementina, no Vaticano, a cerca de cem membros da Associação Italiana de Químicos do Couro, o Papa Francisco falou sobre solidariedade, qualidade do trabalho, laços entre gerações e proteção da «Casa Comum», refere o site VaticanNews.

Ao falar sobre as dificuldades no mundo do trabalho agravadas por dois anos de pandemia, Francisco exortou a manter alta “a guarda na justiça e na segurança”

“A crise pode ser encarada como uma oportunidade para crescer juntos na solidariedade e na qualidade do trabalho. Que o exemplo e a intercessão de São José os ajude a não ceder ao desânimo, a valorizar com criatividade seus talentos e sua grande experiência para seguir em frente e abrir novos caminhos”, disse

Ao recordar os seus anos de juventude, o Papa Francisco disse estar próximo da categoria dos trabalhadores recebidos em audiência.

Por fim, refletindo sobre o impacto ambiental das atividades que utilizam produtos químicos para o tratamento de materiais destinados ao uso quotidiano, não deixou de chamar a atenção para os cuidados com a «Casa Comum» e alertou para a responsabilidade social e ecológica

LFS

Partilhar:
Share