Do cheiro inexplicável, do cheiro misterioso que também seguir Jesus representa. Nesta noite conversamos com o padre António Pedro Monteiro para olharmos a nossa história, o passado e perceber que perfumes seguimos, quer percursos percorremos, que pessoas se aproximaram e deixámos aproximar. Num caminho com feridas, com a história de cada pessoa, percebemos que também Jesus escolheu não curar-se e se apresentou assim, para nos dizer que também nós temos igual capacidade de cura, integração e dignidade.

Partilhar:
Share