Porto, 04 jun 2020 (ECCLESIA) – A obra «Salazar já cá veio? Um rascunho, três cartas, cinco poemas» da autoria de Henrique Manuel Pereira foi lançada, recentemente, e tem a chancela da editora Alforria.

O livro corre “em quatro andamentos” e, segundo o autor que é professor da Escola das Artes da UCP – Porto, o primeiro, a que deu nome de rascunho, é “um retrato de Padre Américo, uma síntese da sua vida e obra, aos olhos do autor da obra”.

“Precedido de nota rápida, a propósito das relações da Obra da Rua com a censura, o segundo andamento incorpora três cartas que Padre Américo, em circunstâncias e períodos diferenciados (1933, 1948, 1950), respeitosamente, mas sem adulações nem submissões, dirigiu a António de Oliveira Salazar (1889-1970)”, refere o autor

A terceira parte é a voz e a homenagem de várias pessoas “(contributo para um volume ilustrado, apenas com poesia, dedicado àquele que foi “poeta das almas e mendigo de Deus”?)”, lê-se.

Uma “biocronologia e bibliografia, concebidas como instrumentos de apoio à investigação”, configuram o términus da viagem.

Recorde-se que a 12 de dezembro de 2019, o Papa Francisco aprovou a publicação do decreto que reconhece as “virtudes heroicas” do Padre Américo

Sendo tal etapa decisiva no processo da sua beatificação e canonização, exigem-se agora outros trâmites canónicos e a comprovação de um milagre para que o agora venerável Padre Américo venha a ser considerado santo.

LFS

Partilhar:
Share