«Rezemos para que aqueles que sofrem encontrem caminhos de vida, deixando-se tocar pelo Coração de Jesus» – Francisco

 

Cidade do Vaticano, 04 jun 2020 (Ecclesia) – O Papa recorda na sua intenção de oração para o mês de junho toda as pessoas afetadas pela pandemia e pelas várias crises humanas, em todo o mundo.

“Muitas pessoas sofrem pelas graves dificuldades que padecem. Nós podemos ajudá-las, acompanhando-as por um caminho cheio de compaixão que transforma a vida das pessoas e as aproxima do Coração de Cristo, que nos acolhe a todos na revolução da ternura”, refere Francisco, na edição de junho de ‘O Vídeo do Papa’, divulgada hoje nas plataformas digitais.

“Rezemos para que aqueles que sofrem encontrem caminhos de vida, deixando-se tocar pelo Coração de Jesus”, acrescenta.

O Vídeo do Papa é uma iniciativa global desenvolvida pela Rede Mundial de Oração do Papa (Apostolado da Oração) para difundir as intenções mensais do pontífice sobre os desafios da humanidade.

No comunicado que acompanha a divulgação da intenção de junho, a rede ligada aos Jesuítas destaca que Francisco recorda que sofre por causa da Covid-19 e “também devido a outras pandemias”, como as guerras ou a fome.

“O Papa mostra o caminho: compaixão. É a melhor ajuda que podemos oferecer-lhes, com a nossa oração e vida, aproximando-as do Coração de Jesus para que Ele possa transformar as suas vidas”, refere a nota.

O mês de junho é particularmente dedicado, na tradição católica, à devoção ao Coração de Jesus.

“Ao longo do tempo, esta devoção conheceu desenvolvimentos muito importantes para a sua difusão na Igreja, como as revelações a Santa Margarida Maria Alacoque no século XVII, o posterior culto ao Sagrado Coração no século XIX, e a revelação da Divina Misericórdia a Santa Faustina Kowalska, no início do século XX”, assinala a Rede Mundial de Oração do Papa.

OC

Partilhar:
Share