Fátima, 24 abr 2019 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional da Liturgia (SNL) de Portugal divulgou as mais recentes publicações dedicadas à Eucaristia, como a ‘Missa explicada’, o ‘Registo de Missas’, e à preparação do novo ano litúrgico com a agenda e o plano 2020.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, o secretariado destaca o livro ‘Cristo está no meio de nós – A Missa explicada’, onde o padre José Ferreira apresenta vinte e três reflexões numa publicação que é uma iniciativa conjunta com o Patriarcado de Lisboa.

O padre José de Leão Cordeiro, na apresentação da obra, reflete sobre o autor nos diversos momentos da Eucaristia: Ritos Iniciais; Liturgia da Palavra; Liturgia Eucarística; Ritos de Comunhão; Ritos de Conclusão.

“A celebração da Palavra de Deus e da Eucaristia deve ser para cada um de nós a renovação do nosso baptismo…, da nossa fé em Jesus Cristo, de uma nova entrega à ação do Espírito Santo, que nos torna capazes de dar testemunho, diante dos homens, acerca de Jesus Cristo morto e ressuscitado”, escreveu o padre José Ferreira, que nasceu a  29 de maio de 1918, em Vargos, e depois da escola primária foi para o Seminário Patriarcal de Santarém.

Destinado ao “uso exclusivo dos sacerdotes”, o Secretariado Nacional da Liturgia divulga o ‘Registo das Missas’, um “útil subsídio pastoral” para as dioceses, paróquias, santuários e outros lugares de culto, uma publicação que integra as normativas do Código de Direito Canónico “relativas ao estipêndio oferecido para a celebração da Missa e as normas da Conferência Episcopal Portuguesa de 1984 e 1991”.

O SNL apresenta o livro ‘A Eucaristia, Evocação e Celebração do Mistério Pascal’ onde o padre Sebastião Ferreira de Faria ilustra “o sentido mais original das Orações Eucarísticas” para uma “compreensão mais profunda” do contexto em que Jesus instituiu a Eucaristia e o seu próprio mandato, uma celebração recordada na tarde desta Quinta-feira Santa, no início do Tríduo Pascal.

O estudo do sacerdote Jesuíta articula-se em três partes: “Palavra de «bênção»” e rito; “a Eucaristia, Sacrifício memorial da Páscoa ou Sacramento Pascal do Novo Testamento” e “a Eucaristia, sacrifício de reconciliação e de comunhão”.

No mês de junho assinala-se o Dia Mundial da Criança (01) e os mais novos peregrinam a Fátima, dias 9 e 10, e o SNL tem um ‘Diretório das Missas com crianças’, um documento “de caráter litúrgico e pastoral” que inclui também os preliminares às Orações Eucarísticas adaptadas às crianças.

A publicação divide-se em três capítulos: “A introdução das crianças na celebração eucarística; Missas de adultos nas quais também participam crianças; Missas com crianças em que participam só alguns adultos”.

Para o novo ano litúrgico, o secretariado da Comissão Episcopal da Liturgia e Espiritualidade de Portugal também já tem disponível a ‘Agenda Directório’ e o ‘Plano Litúrgico 2020’, calendário litúrgico com a “informação essencial” para cada dia do ano, onde indicam “a cor do paramento, o Lecionário a usar, o volume da Liturgia das Horas e a respetiva Semana do Saltério”.

A 4 de julho de 2018, o Vaticano publicou um conjunto de orientações para a Ordem das Virgens – Ecclesiae Sponsae Imago, primeiro documento da Santa Sé que aprofunda e disciplina esta forma especial de vida consagrada, dedicada às mulheres.

“É uma verdadeira carta constitucional desta forma de vida consagrada em boa hora restabelecida graças ao Concílio Vaticano II”, realça o secretariado português sobre o livro publicado neste mês de abril.

CB

Partilhar:
Share