Projeto teve início há mais de uma década

Fátima, 18 jun 2020 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional de Liturgia, da Igreja Católica em Portugal, publicou o livro ‘Leitura Orante da Palavra – Lectio Divina Ferial’, um projeto que começou há 11 anos, com meditações do padre Manuel José Marques, e sugestões de compromissos.

“A obra ‘Leitura Orante da Palavra – Lectio Divina Ferial’ tem uma génese que nos leva até às Comunidades da Igreja Apostólica e traz até nós, geração do Século XXI, a autenticidade da beleza gloriosa e sempre jovem do rosto salvador de Cristo, o belo e bom Pastor”, explica o arcebispo de Évora na apresentação do novo livro.

Na informação enviada hoje à Agência ECCLESIA, D. Francisco Senra Coelho assinala que as propostas apresentadas na nova publicação com o propósito de “ajudar a orar a Palavra de Deus, pelo método da Lectio Divina”, nasceram da “necessidade das muitas comunidades pastoreadas pelo autor, quer na cidade de Reguengos de Monsaraz, quer nas aldeias do concelho”, “como nas primeiras comunidades”.

O autor das meditações, o padre Manuel José Marques, explica que “como um pai de família reparte o pão pelos filhos” também quis repartir a Palavra, “alimento espiritual, por todos a quem serve “no ministério sacerdotal”.

“Hoje, a Palavra aparece em forma de Lectio Divina, nascida da simplicidade de quem procura servir os humildes e não os sábios, de quem quer alimentar a todos e não apenas alguns, de quem se preocupa em despertar o coração e não a curiosidade”, escreve o sacerdote da Arquidiocese eborense em forma de “gratidão”.

O Secretariado Nacional de Liturgia (SNL) contextualiza que ‘Leitura Orante da Palavra – Lectio Divina Ferial’ surge de um projeto iniciado há 11 anos com o envio diário da liturgia da palavra numa newsletter, que, agora, “com a meditação para todos os textos feriais” é publicado em formato livro.

Os leitores encontram a ‘Lectio Divina Ferial’ para todos os Tempos Litúrgicos – Advento, Natal, Quaresma, Tríduo Pascal, Tempo Pascal e Tempo Comum -; propostas para o Santoral e em “Apêndice”, a Lectio Divina da parábola do Pai Misericordioso, de modo mais desenvolvido.

A apresentação de cada Lectio Divina começa pela apresentação do texto litúrgico da Primeira Leitura, para os anos pares e ímpares, depois desenvolve o encontro com a Palavra de Deus em quatro momentos – “Compreender a Palavra”; “Meditar a Palavra”; “Rezar a Palavra” e “Compromisso com a Palavra”; O Evangelho segue o mesmo itinerário e no Santoral, o padre Manuel José Marques inicia a proposta de cada Lectio com uma “breve síntese biográfica do Santo, Santa ou Santos, e, “quando necessário, apresenta com brevidade o contexto litúrgico/pastoral da celebração”.

“Hoje, quero experimentar a grandeza da misericórdia usando de misericórdia para com os irmãos que me tornam a vida mais difícil”, é, por exemplo, o compromisso proposto na passagem do Evangelho que convida a ser «misericordiosos, como o Pai é misericordioso», em São Lucas (Lc 6, 36-38).

O Secretariado Nacional de Liturgia adianta que estão a ser preparadas apresentações de ‘Leitura Orante da Palavra – Lectio Divina Ferial’ na Arquidiocese de Évora, em datas a anunciar.

CB

Partilhar:
Share