Lisboa, 23 set 2021 (Ecclesia) – O Corpo Nacional de Escutas (CNE) publicou hoje um vídeo com jovens do movimento a interpretar o hino da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 em Língua Gestual Portuguesa (LGP), para assinalar o dia 23 de setembro.

No vídeo, com imagens de Lisboa, participam escuteiros de todas as idades – lobitos, exploradores/aventureiros/moços, pioneiros/marinheiros/tripulantes, caminheiros/companheiros/aeronautas, – que interpretam o hino da JML 2023.

O CNE divulgou hoje o vídeo  no âmbito do ‘dia 23’, data em que mensalmente as dioceses católicas de Portugal mobilizam os seus jovens com atividades de preparação rumo à edição internacional da Jornada Mundial da Juventude, que se vai realizar em Lisboa, em 2023.

A organização da JMJ 2023 vai anunciar no próximo dia 4 de outubro as datas do encontro na capital portuguesa.

O COL apresentou o hino oficial do encontro internacional de jovens católicos, com assinatura portuguesa, do padre João Paulo Vaz e o músico Pedro Ferreira, em janeiro deste ano.

‘Há Pressa no Ar’ parte do tema escolhido pelo Papa para a JMJ Lisboa 2023 – ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’ (Lc1,39).

O hino foi inicialmente gravado em português e numa versão internacional, com cinco idiomas (português, inglês, espanhol, francês e italiano).

O hino ‘Há Pressa no Ar’ tem também uma versão em chinês e latino-americana, que integra diferentes géneros que identificam a região.

Neste dia 23 comemora-se também o Dia Internacional das Línguas Gestuais, adotado na Assembleia Geral das Nações Unidas a 19 de dezembro de 2017.

O Centro de Informação Europeia Jacques Delors informa que se estima que existem aproximadamente 72 milhões de pessoas surdas no mundo, e que estas dispõem, na sua comunicação, de 300 diferentes signos linguísticos.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

As edições internacionais destas jornadas promovidas pela Igreja Católica são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a JMJ já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

CB/OC

 

JMJ 2023: Jornada de Lisboa lança hino oficial, «Há Pressa no Ar» (c/vídeo e áudio)

Partilhar:
Share