D. Manuel Linda afirmou a «enorme lição» dos casais através de uma mensagem vídeo

Porto, 29 nov 2020 (Ecclesia) – A Diocese do Porto assinalou este domingo o Dia da Família e celebrou os 10, 25, 50 e 60 anos de matrimónio comemorados em 2020, que D. Manuel Linda considera uma “enorme lição”.

“Parabéns porque a vossa vida marca na história e tem sentido”, disse D. Manuel Linda numa mensagem vídeo dirigida às várias celebrações que assinalaram o Dia Diocesano da Famílias, este ano comemorado nas várias vigarias.

De acordo com a informação divulgada pelo jornal diocesano Voz Portucalense, “para seguir as regras de segurança sanitária, foi decidido privilegiar a vivência vicarial” do Dia da Família e não numa celebração única para toda a diocese.

D. Manuel Linda valorizou a “enorme lição” dos acsais, demonstrando que “é possível ser fiel à palavra dada, é possível viver o dom da unidade conjugal e manter um matrimónio fiel e indissolúvel”.

“As minhas felicitações por todos estes anos que, não obstante canseiras e trabalhos, ajustes de personalidades e alguns amuos, certamente foram positivos e felizes, vividos na alegria, caldeados na atração mútua, abençoados por muitas coisas boas e, para a grande maioria de vocês, coroados pelo dom dos filhos e até dos netos”, afirmou.

O bispo do Porto disse que a celebração dos 10, 25, 50 e 60 anos de matrimónio “são demonstração de que a doutrina da Igreja não está ultrapassada, pois corresponde àquela ânsia do coração humano que não se contenta com pouco para encontrar a felicidade: exige e dá fidelidade”

“Encomendo-vos à Sagrada Família de Nazaré. Maria e José, que foram namorados, noivos, casados, pais, educadores, obtenham de Deus a bênção para o vosso amor mútuo e o fruto desse amor: os vossos filhos. E que o Menino Jesus, o único Salvador do mundo, faça morada na vossa família e a cumule de graças e de felicidade”, concluiu D. Manuel Linda.

PR

Partilhar:
Share